Mercado da bola

Barcelona anuncia a saída de Lionel Messi

Barcelona comunica a saída de Messi
Barcelona comunica a saída de Messi (Foto: Reprodução/Twitter/FCBarcelona)

O Barcelona divulgou nota oficial nessa quinta-feira (dia 5) informando que não conseguiu renovar contrato com Lionel Messi, 34 anos. “Apesar de FC Barcelona e Lionel Messi terem chegado a um acordo e de clara intenção de ambas as partes de assinarem hoje um novo contrato, isso não pode acontecer devido a obstáculos financeiros e estruturais (regulamento da Liga Espanhola). Por conta desta situação, Messi não seguirá no FC Barcelona. Ambas as partes lamentam profundamente que os desejos do jogador e do clube não sejam atendidos. O FC Barcelona expressa de todo o coração a sua gratidão ao jogador pela sua contribuição para o engrandecimento do clube e deseja-lhe as maiores felicidades para o futuro na sua vida pessoal e profissional”, informou o clube.

O jogador, de 34 anos, está livre no mercado. Segundo informações de sites especializados no mercado de jogadores, os possíveis destinos são PSG ou Manchester City.

Antes do anúncio dessa quinta-feira, Lionel Messi parecia inclinado a reduzir salários e renovar por cinco temporadas com seu clube de formação, mas mudou de opinião.

Segundo o jornal Marca, o presidente Joan Laporta e os capitães do clube estão cientes do desejo do jogador, que se mostra irredutível com a saída. Além disso, a publicação cita o fracasso da negociação entre o Barcelona e o argentino Christian Romero, da Atalanta, como um dos fatores decisivos para a não permanência de Messi.

A diretoria do clube catalão tentava reduzir a sua folha salarial para renovar com o atacante e se manter no limite imposto pela La Liga, a empresa que organiza o Campeonato Espanhol. Para a próxima temporada, o argentino Sergio Agüero e o holandês Memphis Depay foram alguns dos que chegaram à equipe, enquanto que o dominicano Junior Firpo, o português Trincão e o brasileiro Matheus Fernandes entraram na lista dos que se despediram do Camp Nou.

No ano passado, Messi quase deixou o Barcelona. Em uma entrevista exclusiva ao site Goal, ele falou sobre o período que pensou em sair da Espanha e porque decidiu permanecer no Barcelona. Naquele momento, restava um ano em seu contrato e o jogador deixou claro à diretoria que queria sair.

"Quando comuniquei isto para minha esposa e meus filhos foi um drama bárbaro. Toda a família chorando, meus filhos não queriam sair de Barcelona ou mudar de colégio. Todo este tempo foi duro para todos. Sabia com clareza o que queria, já havia entendido e dito. Minha mulher, com a alma dolorida, me apoiava e acompanhava", disse.

Apesar da vontade de mudar de ares, o astro viu que seu papel como marido e pai vinham antes do atleta. Além disso, afirmou que não seria capaz de forçar uma saída do clube onde está desde os 13 anos. "Jamais iria à Justiça contra o clube da minha vida, por isso vou ficar no Barcelona".

Na última temporada com o Barcelona, Messi foi o artilheiro do Campeonato Espanhol e, ao todo, marcou 38 gols e deu 12 assistências em todas as competições. Na campanha da Copa América, em seu primeiro título coma seleção principal da Argentina, o camisa 10 balançou as redes por quatro vezes e deu cinco passes para gol.