Mundo

Boeing recomenda suspensão de voos de aviões 777

O fabricante norte-americano Boeing recomendou ontem a suspensão dos voos de 128 aviões do modelo 777, um dia após incêndio no motor de um aparelho em pleno voo, no estado do Colorado.

“Enquanto a investigação está em curso, recomendamos suspender as operações dos 69 aviões 777 em serviço e dos 59 em armazém com motores Pratt & Whitney 4000-112”, disse a empresa.

Depois do incidente nos EUA, o regulador norte-americano para a aviação exigiu inspeções aos aviões Boeing 777 equipados com o mesmo tipo de motor.