Bolsonaro diz que vai 'esperar um pouco mais' para anunciar candidato a vice

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que vai "esperar um pouco mais" para anunciar seu candidato a vice-presidente nas eleições deste ano. A tendência é que o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, seja o escolhido.

"Sobre o vice, a gente vai ter que esperar um pouco mais. Vai ser um vice à altura de representar o presidente nas suas vacâncias, essa é a intenção. Não é um vice para ajudar a ganhar a eleição, mas para ajudar a administrar o Brasil", disse o presidente em entrevista à TV Ponta Negra, afiliada do SBT no Rio Grande do Norte.

Bolsonaro ainda confirmou que o lançamento da sua pré-candidatura será em 26 de março, em Brasília, como anunciado no último sábado pelo PL.

Palanque

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, fez uma rápida participação na entrevista de Bolsonaro e confirmou que o Palácio do Planalto também terá um candidato ao governo do Rio Grande do Norte.

"A gente vai decidir isso até o final do mês e buscar um nome que represente melhor o grupo para enfrentar a governadora Fátima Bezerra do PT", disse Faria, que desistiu de ser candidato ao Senado no Estado em favor do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Questionado sobre quem poderia assumir a candidatura bolsonarista ao governo potiguar, Fábio Faria citou os deputados estaduais tucanos Ezequiel e Tomba Farias - mas não comentou se eles terão de trocar de partido para assumir o posto. O PSDB tem como pré-candidato à Presidência o governador de São Paulo, João Doria.