Publicidade
MOTIM

Bolsonaro manda tropas para o Ceará

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) assinou ontem um decreto autorizando o envio de tropas das Forças Armadas de hoje até o próximo dia 28 para tentar conter a crise de segurança pública no Ceará. “Acabei de assinar a GLO (Garantia da Lei e da Ordem) para Fortaleza. O governador (Camilo Santana) preencheu os requisitos”, disse Bolsonaro.
Em seguida, o presidente afirmou que o governo precisa do Parlamento para que seja aprovado o excludente de ilicitude, que acabou ficando de fora do pacote anticrime defendido pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Bolsonaro disse que a medida poderia dar amparo aos militares que irão atuar no Ceará durante operações de GLO. “Deixo bem claro uma coisa, a gente precisa do Parlamento para que seja aprovado o excludente de ilicitude. É uma missão que se aproxima a uma de guerra”, disse o presidente.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES