Publicidade
DEFESA

Bolsonaro nega interferir na Polícia Federal

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a se pronunciar —desta vez por meio da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom)— sobre a divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril. Ele reforçou que não tentou interferir no trabalho da Polícia Federal, como alega o ex-ministro Sergio Moro, e disse acreditar no arquivamento do inquérito que apura essa acusação.
“Nunca interferi nos trabalhos da Polícia Federal. São levianas todas as afirmações em sentido contrário. Os depoimentos de inúmeros delegados federais ouvidos confirmam que nunca solicitei informações a qualquer um deles. Por questão de Justiça, acredito no arquivamento natural do Inquérito que motivou a divulgação do vídeo”, escreveu.
Bolsonaro também reiterou seu compromisso com os valores democráticos que o conduziram à Presidência e garantiu que não desistirá de lutar pela liberdade e pela democracia.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES