Publicidade

Brasil de Pelotas abre 2 a 0, mas Figueirense arranca empate fora na Série B

Não foi na noite desta quinta-feira que o Figueirense voltou a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro, mas o empate por 2 a 2 com o Brasil de Pelotas, em pleno estádio Bento Freitas, teve um gostinho especial, pois o adversário chegou a abrir 2 a 0 ainda no primeiro tempo. A partida foi válida pela 23ª rodada.

Os dois gols marcados pelo artilheiro Willian Popp, que chegou a seis na Série B, não acabam com o jejum de 14 jogos sem vitória, mas tiram o Figueirense da lanterna. Com 23 pontos, o time catarinense é o penúltimo colocado, na frente apenas do Guarani, que tem 22 e joga no sábado, em Campinas, diante do Paraná.

Por outro lado, o Brasil de Pelotas não conseguiu emplacar a quinta vitória seguida e está na 11ª colocação, com 29 pontos, podendo perder duas posições até o encerramento da rodada.

Depois de um início morno, o time gaúcho se soltou e conseguiu dois gols seguidos. Aos 17 minutos, Diogo Oliveira mandou de fora da área no cantinho de Matheus Vidotto. Cinco minutos depois, Leandro Leite desviou de cabeça falta cobrada por Murilo Rangel.

Em vantagem, os donos da casa recuaram e viram o Figueirense pressionar até diminuir aos 45 minutos com William Popp completando cruzamento de Pereira. O empate só não veio no primeiro minuto do segundo tempo porque Carlos Eduardo defendeu chute de Yuri Mamute.

A partida ficou monótona e só voltou a ganhar em emoção nos minutos finais. Em cobrança de falta rasteira, Willian Popp deixou tudo igual aos 44. A comemoração em frente à torcida adversária, com direito a tirar o sarrafo da bandeirinha de escanteio, deu início a uma confusão generalizada. No final, o atacante do Figueirense acabou sendo expulso.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, pela 24ª rodada. O Brasil enfrenta o América-MG, às 20h30, no Independência, em Belo Horizonte (MG). O Figueirense recebe o líder Bragantino, às 21h30, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

FICHA TÉCNICA:

BRASIL DE PELOTAS 2 x 2 FIGUEIRENSE

BRASIL DE PELOTAS - Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Nirley, Leandro Camilo e Willian Formiga; Leandro Leite, Eduardo Person, Murilo Rangel e Diogo Oliveira (Guilherme Queiróz); Cristian (Maicon Assis) e Rodrigo Alves (Carlos Jatobá). Técnico: Bolívar.

FIGUEIRENSE - Matheus Vidotto; Victor Guilherme, Alemão, Ruan Renato e Renner (Fellipe Mateus); Patrick (Gustavo Poffo), Pereira e Tony; Willian Popp, Yuri Mamute (Andrigo) e Robertinho. Técnico: Márcio Coelho (interino).

GOLS - Diogo Oliveira, aos 17, Leandro Leite, aos 22, e Willian Popp, aos 45 minutos do primeiro tempo. Willian Popp, aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Thiago Duarte Peixoto (SP).

CARTÕES AMARELOS - Nirley (Brasil); Victor Guilherme (Figueirense).

CARTÃO VERMELHO - Willian Popp (Figueirense).

RENDA - R$ 55.115,00.

PÚBLICO - 3.607 pagantes (4.210 no total).

LOCAL - Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES