Publicidade
Mercado da bola

Bruno Guimarães pode se tornar o volante mais caro da história do futebol brasileiro

O Diário As da Espanha divulga a negociação por Bruno Guimarães
O Diário As da Espanha divulga a negociação por Bruno Guimarães (Foto: Reprodução/Diário As)

Bruno Guimarães, 22 anos, está perto de se tornar o volante mais caro da história do futebol brasileiro. Segundo o Diário As, da Espanha, o Atlético de Madri acerta os últimos detalhes para comprar o jogador do Athletico Paranaense por 30 milhões de euros.

Nunca um clube brasileiro conseguiu vender um volante por um valor tão alto, segundo ranking do site Transfermarkt.de. O maior valor foi obtido pelo Santos, em 2017, com a venda de 14 milhões de euros de Thiago Maia, 20 anos.

Se entrar no ranking de 'meia central', posição que aqui no Brasil é vulgarmente chamada de 'segundo volante', Bruno Guimarães entra como segundo maior venda de um clube brasileiro, atrás apenas de Arthur, 21 anos, vendido por 31 milhões de euros pelo Grêmio ao Barcelona em 2018.

Considerando todos os jogadores brasileiros, independente do clube que efetuou a venda, os volantes mais caros da história do país são Fabinho (45 milhões de euros, do Monaco para o Liverpool) e Fernandinho (40 milhões, do Shakhtar para o Manchester City). Ou seja, Bruno Guimarães entraria em terceiro lugar nessa lista.

No ranking de 'meia central' ou 'segundo volante', com todos os brasileiros, independente da nacionalidade do clube, os mais caros são Fred (59 milhões de euros, do Shakhtar para o Manchester United), Paulinho (42 milhões, do Barcelona para o GZ Evergrande), Anderson (31,5 milhões, do Porto para o Manchester United) e Arthur. Ou seja, Bruno Guimarães seria o quinto colocado nessa lista.

NEGOCIAÇÃO
Segundo o Diário As, da Espanha, o advogado do Athletico, Rodrigo Gama, esteve em Madrid para fechar os últimos detalhes da venda. A multa rescisória do jogador, que tem contrato até 2023 com o Furacão, é de 40 milhões de euros. O jornal europeu citou que Flamengo, Chelsea, Benfica e Porto também tentam a contratação do jogador. A ideia é contar com o reforço até janeiro, durante a abertura da janela de transferências do inverno europeu.

Em junho de 2019, o Atlético de Madri já comprou o lateral-esquerdo Renan Lodi, 21 anos, do Athletico Paranaense, por 20 milhões de euros.

A reportagem da jornalista Patricia Cazón, do Diário As, destaca as características de Bruno Guimarães. “El brasileño es un jugador técnico, con capacidad para sumarse al ataque y, sobre todo, una gran interpretación del juego. Destaca su precisión en el pase, rompelíneas”, ressaltou.

Contratado do Audax em 2017, Bruno Guimarães soma 107 jogos e quatro títulos pelo Athletico: Paranaense 2018, Sul-Americana 2018, J. League/Conmebol 2019 e Copa do Brasil 2019.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES