Publicidade
Política em Debate

Cafeteria

Cafeteria

A Assembleia Legislativa vai gastar R$ 151 mil com a construção de um quiosque para serviços de cafeteria, que será instalado no hall de entrada do Edifício Presidente Tancredo Neves, onde estão localizados os gabinetes dos deputados estaduais. A empresa Dall Macedo Engenharia venceu licitação realizada ontem pela Casa, oferecendo um desconto de 20% sobre o valor máximo previsto no edital, que era de R$ 189 mil.

Lanches
A Assembleia ainda fará uma nova licitação, para definir a empresa que fará a utilização do espaço e a comercialização dos produtos. A direção da Casa alega que a obra é necessária para oferecer aos servidores, visitantes e demais pessoas que diariamente circulam pela Assembleia uma alternativa para a compra de lanches, de forma rápida e segura, atendendo as exigências sanitárias e evitando o comércio de ambulantes, uma vez que atualmente o Legislativo não dispõe deste serviço.

Auxílio-moradia
O deputado federal paranaense Rubens Bueno (PPS) decidiu abrir mão do auxílio-moradia que vinha recebendo da Câmara. Bueno é relator do projeto que regulamenta o teto salarial do funcionalismo público, que deve justamente limitar a concessão desse tipo de benefício. A decisão foi tomada depois que reportagem da imprensa nacional revelou que o parlamentar recebia o auxílio-moradia mesmo no período em que possuia imóvel em Brasília.

Asfalto
O Tribunal de Contas do Estado (TCE/PR) inicia hoje testes para verificar a qualidade do asfalto na obra de revitalização da Avenida Manoel Ribas, principal via do bairro Santa Felicidade, em Curitiba. Engenheiros do TCE vão retirar placas do pavimento, para análise em laboratório.

Qualidade
Curitiba é um dos 12 municípios paranaenses a ter obra viária fiscalizada pelo Tribunal com a utilização de laboratório que analisa tecnicamente a qualidade do asfalto. A obra da Manoel Ribas faz parte do Programa Integrado de Desenvolvimento Social e Urbano do Município de Curitiba, que recebe recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Orçada em cerca de R$ 21,4 milhões, a pavimentação tem extensão de 2,8 quilômetros e foi iniciada em março de 2017.

Aluguel
O TCE julgou procedente auditoria na Universidade Estadual do Paraná (Unespar) para apurar a irregularidade nos pagamentos de aluguel de imóvel pela Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de Paranaguá (Fafipar), que ficou desocupado durante 11 meses. O reitor da Unespar, Antônio Carlos Aleixo; o pró-reitor de Administração e Finanças da universidade, Rogério Ribeiro; e o diretor da Fafipar – Campus de Paranaguá da Unespar –, Mauro Stival, foram condenados à devolução solidária dos R$ 120 mil pagos pelos aluguéis mensais do imóvel durante os onze meses em que ele permaneceu desocupado. O valor exato a ser restituído será calculado após o trânsito em julgado do processo, no qual cabe recurso.

Condomínios
Levantamento do site Contas Abertas aponta que o governo federal gasta mais de R$ 200 milhões por ano com o pagamento de despesas de condomínio de diversos prédios públicos e apartamentos funcionais pelo País. De acordo com o estudo, em 2017, R$ 221,6 milhões foram destinados para o pagamentos de condomínios utilizados pela União. Atualizados pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), os dados mostram que em 2016, os dispêndios somaram R$ 205,6 milhões um aumento de 8% de um ano para o outro.

 

Publicidade

DESTAQUES DOS EDITORES