Assine e navegue sem anúncios [+]
Corregedoria

Câmara abre sindicância para investigar caso de ‘rachadinha’ envolvendo vereadora

Fabiane Rosa (PSD): vereadora é acusada de ficar com parte dos salários de assessores
Fabiane Rosa (PSD): vereadora é acusada de ficar com parte dos salários de assessores (Foto: CMC/arquivo)

A corregedoria da Câmara Municipal de Curitiba deu início, hoje, à investigação para apurar denúncias contra a vereadora Fabiane Rosa (PSD), presa no início da semana passada acusada de envolvimento em um suposto esquema de “rachadinha”. Segundo a denúncia do Ministério Público, teria se apropriado de parte dos salários de seus assessores. O pedido de abertura de sindicância foi feito pela Mesa Diretora da Câmara.

Leia mais no blog Política em Debate

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK