Proteção

Câmara aprova projeto que define direitos de entregadores de aplicativos

Pelo projeto, empresas terão que bancar seguro de entregadores contra acidentes
Pelo projeto, empresas terão que bancar seguro de entregadores contra acidentes (Foto: Franklin de Freitas)

A Câmara Federal aprovou hoje projeto que garante os direitos dos entregadores de aplicativos como Uber ou 99. A proposta prevê que o entregador tem o direito de ter acesso ao seguro contra acidentes e por doenças contagiosas pago pelas empresas de aplicativos. Em caso de afastamento por suspeita de contaminação pelo coronavírus, as empresas devem prestar assistência financeira igual à média dos três últimos rendimentos mensais do entregador. Além disso, essa assistência não poderá ser inferior a um salário mínimo, quando houver acidente ou contaminação pelo coronavírus.

Leia mais no blog Política em Debate