Publicidade
Cidade Inteligente

Câmara de Curitiba aprova criação do Fundo de Inovação do Vale do Pinhão

(Foto: Luiz Costa/SMCS)

A Câmara Municipal de Curitiba aprovou, nesta segunda-feira (21/10), com 21 votos favoráveis, a criação do Fundo de Inovação do Vale do Pinhão (Inova-VP). O projeto, encaminhado pela Prefeitura de Curitiba em junho desse ano, prevê R$ 10 milhões para impulsionar empreendedores inovadores, atrair mais negócios e fomentar o ecossistema de startups da cidade.

A expectativa é que o fundo possa entrar em operação no próximo ano.

Amparado na lei de Inovação, o Inova-VP faz parte de uma série de ações do Vale do Pinhão, movimento do ecossistema de Inovação de Curitiba para apoiar ações de cidades inteligentes.

Para o secretário municipal de Finanças, Vitor Puppi, a iniciativa coloca Curitiba em um novo patamar de desenvolvimento. O Inova-VP ainda precisa ser regulamentado, mas, de acordo com o projeto de lei, poderá ser usado como fonte de recursos, garantias e subvenções a projetos inovadores e disruptivos.

“O Inova-VP é um instrumento fundamental para viabilizar o fortalecimento da pesquisa e da inovação em Curitiba, potencializando esse ecossistema que envolve poder público, universidades, aceleradoras, incubadoras, fundos de investimento, centros de pesquisa e desenvolvimento, startups, movimentos culturais e criativos e a sociedade”, diz Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba, que vai atuar na gestão técnica do fundo.

Os recursos do Inova-VP serão usados para equalizar taxas de financiamentos às startups, como garantia de risco em linhas de crédito à inovação, como contribuição em fundos de investimento à pesquisa e em projetos de estruturação de soluções inovadoras.

Além dos recursos orçamentários destinados ao fundo, o Inova-VP também receberá repasses de convênios governamentais e não governamentais, doações, rendimento de aplicações e outras fontes.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES