Publicidade
Polêmica

Campanha de Natal da Perdigão é acusada de racismo por internautas; empresa lamenta

Campanha de Natal da Perdigão é acusada de racismo por internautas; empresa lamenta

Um comercial da Perdigão postado nas redes sociais nesta segunda (26) entrou para o Trend Topics do Twitter em poucas horas, mas não por sucesso mas sob acusação de racismo.

No filme, uma família negra agradece emocionada, durante a ceia de Natal, a doação de um chester. Há um corte e um homem de uma família branca explica que “comprando um, a Perdigão doa outro a uma família que precisa”.

 Entre os apontamentos dos internautas está que a casa e a mesa posta está longe de ser o de uma típica família pobre brasileira. Mas o principal queixa é que a mesa dos ricos é composta por maioria branca, enquanto a mesa pobre só tem negros. Alguns internautas mais exaltados sugerem boicote à marca por racismo.  A campanha da Perdigão, onde a cada chester comprado, outro é doado, foi uma criação da agência DM9 e já tem se repetido por alguns anos. 

A Perdigão divulgou nota sobre a polêmica: “A Perdigão lamenta que a campanha publicitária de Natal tenha ofendido qualquer um de nossos consumidores. Nunca foi essa a nossa intenção. Falar de generosidade é, para nós, uma forma de união e agradecimento a todos os nossos consumidores, que há três anos colaboram para o Natal de mais de 6 milhões de pessoas, independente de cor, gênero, raça ou religião. É nisso que acreditamos. Obrigada”.

 

DESTAQUES DOS EDITORES