Gente de Bem

Campanhas do agasalho não param em ano mais frio

Acolhimento de pessoas em situação de rua vem batendo recordes em Curitiba, neste ano: noites e madrugadas geladas
Acolhimento de pessoas em situação de rua vem batendo recordes em Curitiba, neste ano: noites e madrugadas geladas (Foto: Ricardo Marajó/SMCS)

A concessionária Ecovia, empresa do grupo EcoRodovias que administra o trecho Curitiba-Litoral da BR-277, além das PRs 407 e 508, promove a Campanha do Agasalho a partir de hoje até o dia 1º de julho. O objetivo é receber neste período doações de roupas, agasalhos, calçados e cobertores que serão repassados ao Programa do Voluntariado Paranaense (Provopar), instituição responsável pelo atendimento à população vulnerável em todo o Estado. As doações podem ser feitas diretamente nos Serviços de Atendimento ao Usuário da Ecovia, localizados no km 10 e 35 sentido litoral, e no km 61 sentido Curitiba.

Esta é mais uma campanha que pretende arrecadar donativos para serem entregues a pessoas e famílias em risco. E, são ainda mais importantes em um ano em que a sensação de frio é maior. Embora a média das temperaturas não esteja tão mais baixa que o mesmo período de outros anos, a sensação de frio é maior já que a sequência de dias seguidos gelados, essa sim, está mais frequente que o ano passado, por exemplo.

Na Grande Curitiba, faz frio mais forte desde o início do mês, praticamente. Em maio, as temperaturas durante o período da tarde até ficaram acima da média, mas o mês teve dias muito frios também, com mínima de -3,3ºC em General Carneiro, no dia 25 de maio.

Doe Solidariedade — A campanha Doe Solidariedade, promovida pela Prefeitura de Curitiba para arrecadar alimentos não-perecíveis e roupas masculinas, terá o seu sétimo drive-thru para doações no próximo sábado, das 9h às 14h. O ponto de coleta será no estacionamento do mercado de alimentos Verde Mais do Hauer, na Rua Tenente Francisco Ferreira de Souza, 1.315.

A arrecadação vai acontecer em uma tenda montada no local. Equipes da Fundação de Ação Social (FAS), coordenadora da campanha, farão a coleta das doações.

Linha Solidária — Mais de 36 mil fraldas, 749 pacotes de lenços umedecidos, 43 cobertores, 168 latas de leite em pó especial, 607 sabonetes infantis e outros itens, como pomadas, roupas, alimentos e brinquedos lotaram um ônibus da Linha Solidária, de Curitiba, no último fim de semana.

O destino foi o Lar Dona Vera, instituição que cuida de crianças e adolescentes afastados dos pais devido a denúncias de maus tratos e que foi contemplada pela campanha Central Press em Ação, organizada em comemoração aos 23 anos da agência de reputação.
As doações foram feitas por mais de 200 pessoas e dez empresas paranaenses.

Apap

Mercado Municipal

As dezenas de crianças e adultos que recebem apoio da Associação Paranaense de Assistência ao Paraplégico (Apap) vive uma situação precária e precisa muito da ajuda dos curitibanos. Por isso, o Mercado Municipal de Curitiba promove, até 15 de julho, a campanha Inverno Solidário, para arrecadação de agasalhos e de alimentos não perecíveis. As caixas para a coleta dos materiais são encontradas no segundo piso, onde está localizada a Associação dos Comerciantes Estabelecidos no Mercado Municipal de Curitiba (Ascesme), escritório ao lado da Praça de Alimentação. As doações podem ser feitas de terça-feira a sábado, das 8h às 18h, e domingo, das 8h às 13h.

Os frequentadores do Mercado Municipal também podem doar suas notas fiscais de compras (sem CPF) nas urnas sinalizadas da Apap, disponíveis em todas as entradas e na Ascesme. A APAP precisa muito do apoio da sociedade, afirma o presidente da Ascesme, Cleverson Augusto Schilipacke. “A associação vive uma situação difícil para com seus assistidos e, por isso, decidimos destinar nossa campanha do agasalho deste ano em prol da associação”, disse.