Publicidade
Memória

Cantora Cláudia Telles, de 'Eu preciso de esquecer', morre aos 62 anos

Claudia Telles: cantora fez sucesso com as músicas "Fim de tarde" e "Eu preciso te esquecer", nos anos 70
Claudia Telles: cantora fez sucesso com as músicas "Fim de tarde" e "Eu preciso te esquecer", nos anos 70 (Foto: reprodução/Facebook)

A cantora Claudia Teller morreu no fim da noite desta sexta-feira (21), aos 62 anos, após complicações cardiorrespiratórias. Cláudia Telles lançou nos anos 70 sucessos como "Fim de Tarde" (Mauro Motta e Robson Jorge) e "Eu Preciso te Esquecer". Ela estava internada desde o último dia 16 de janeiro no CTI do hospital Ronaldo Gazzola, em Acari, no Rio de Janeiro.

"Então, infelizmente tenho que vir dar essa noticia pessima a todos voces, nossa artista, minha mãe descansou hoje, depois de muita luta e muita garra. Gostaria de agradecer cada um de voces que acompanhou , torceu, orou, rezou, pela melhora dela.. cada um dos fãs que fizeram a carreira dela, a vida dela ser do jeito que foi. ela tinha um carinho imenso por cada um de voces. com certeza foram voces que fizeram a vida dela ser feliz do jeito que foi", escreveu o filho dela, Bruno Telles, no facebook.

Claudia Telles nasceu no Rio de Janeiro em 26 de agosto de 1957. A música sempre esteve presente na vida da carioca. Seu pai era o violinista e compositor Candinho, e sua mãe foi uma das precursoras da bossa nova, a cantora Sylvia Telles, que morreu quando Claudia tinha apenas 9 anos.

Ela iniciou sua carreira na adolescência fazendo backing vocals para artistas como The Fevers, Roberto Carlos, Gilberto Gil e José Augusto. Ela só iniciou seu protagonismo quando entrou no Trio Esperança, ganhando experiência de palco. Em 1976, Claudia gravou o hit Fim de Tarde e caia nas graças do público. A música foi regravada e também fez muito sucesso com os grupos Fat Family e Sampa Crew. Claudia Telles gravou dez álbuns e seis compactos ao longo da carreira.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES