Carille exalta superação do Santos e já fala em buscar vaga na Sul-Americana

A expressão do técnico Carille, após vitória do Santos por 2 a 0 sobre o Fortaleza, na noite desta quinta-feira, na Vila Belmiro, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, era de quem tinha acabado de tirar um peso das costas. O triunfo levou o time paulista aos 45 pontos, o famoso "número mágico", conforme avaliação de especialistas, para quem quer evitar o rebaixamento.

Carille comentou sobre as limitações encontradas no elenco do Santos, mas exaltou a superação dos jogadores, que compraram a ideia do treinador e vêm colhendo os frutos nesta reta final de Campeonato Brasileiro. Apesar de alcançar os 45 pontos, o treinador pediu cautela nas últimas três rodadas.

"O jeito que chegamos e assumimos o grupo não tenho do que reclamar. Só elogiar a postura desses caras no dia a dia. Mais um jogo de superação, precisamos entender nossas limitações e trabalhar em cima delas. Fazer o grupo entender as dificuldades e jogar em cima delas. Satisfeito com o que está acontecendo. Falta muito pouco para conseguir nosso objetivo. Vamos buscar mais pontos e agora começo a sonhar com uma Sul-Americana. Com 45, matematicamente ainda não estamos livres", declarou.

Com a permanência praticamente alcançada, Carille confessou que começa a traçar novos objetivos, como, por exemplo, colocar o Santos na próxima edição da Copa Sul-Americana e, talvez, até mesmo na Copa Libertadores.

"Se a gente atingir os pontos da Sul-Americana o quanto antes, nove pontos a disputar, aí a gente começa a sonhar. Só o alívio de ter chego aos 45 pontos... Certeza que 46 não cai. Vai que a gente consiga resultados importantes e quem sabe chegar contra o Cuiabá sonhando com algo melhor. Hoje é o dia de curtir os 45 pontos, acho que ninguém caiu com esses pontos. Mas matematicamente ainda não nos dá o direito de comemorar nada", completou.

Questionado sobre o futuro, Carille disse que ainda não pensa na temporada 2022. "Não pensei sobre isso. Não falamos sobre isso. Não quis falar. Estou totalmente envolvido com 2021", afirmou o treinador, que tem contrato com o Santos até o fim de 2022. "Estou pensando em 2021. Muito mais aliviado. Quem sabe daqui uns dias, o Santos começa a projetar 2022 e assim a gente deixa para os próximos dias."

Em alta, o Santos partirá agora para Porto Alegre, onde enfrentará o Internacional no domingo, às 19h, no estádio Beira-Rio, pela 36ª rodada.