Publicidade
Nas redes sociais

Neymar sai em defesa de Bruna: 'carinho e respeito sempre terei', diz

(Foto: Reprodução Instagram)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Neymar, 27, quebrou o silêncio e falou pela primeira vez ao público sobre a polêmica envolvendo sua ex-namorada, Bruna Marquezine, 23, e o jornalista Leo Dias, 43.

O apresentador comentou que a atriz deveria repensar sua carreira, uma vez que seu papel mais importante foi na infância (Salete, em "Mulheres Apaixonadas", 2003), e que atualmente ela é conhecida como a ex de Neymar. O jogador e a atriz anunciaram o término do namoro em outubro de 2018.

Marquezine, sem mencionar o jornalista, escreveu um longo depoimento dizendo que "não entende quem continua atacando quem não revida". Mas seu ex, por outro lado, revidou:

"Também fico sem entender. Sou fã dela como atriz e como mulher, o que tivemos não deu certo por alguns motivos e isso ninguém tem que se meter. Agora tem que respeita sim quem ela é como atriz", escreveu Neymar em um tuíte.

"Mas fique tranquila, Bru, só buscam falar besteira [de] quem tem luz e você tem demais. Carinho e respeito sempre terei e te defenderei porque eu sei quem você é".

Confira o depoimento completo de Marquezine a Leo Dias:

"Nunca vou conseguir entender quem fala mal de quem não conhece, que não gosta de quem não convive e nem nunca conviveu de fato. Nunca vou conseguir entender quem ironiza, faz piada e se alegra com a fragilidade e a dor do outro.

Nunca vou entender como pessoas que fazem tantas fofocas, que inventam tantas mentiras, fazem tantas críticas destrutivas e irresponsáveis ao próximo e vibram tanta negatividade conseguem viver felizes e dormir bem.

Nunca consegui entender como alguém que prejudica o outro intencionalmente pode ter paz de espírito.

Também nunca vou conseguir entender como as pessoas julgam tão facilmente o próximo, mesmo sabendo que elas não têm acesso a todos os fatos, não conhecem todas as versões e nem vivenciaram nada que as dessem propriedade para falar da tal questão.

Outra coisa que também tenho muita dificuldade em entender é como a forma que uma pessoa leva a vida, ou seu corpo, sua aparência, seu estilo, suas escolhas e atitudes ou até a sua personalidade pode ofender tanto e gerar tanta raiva em alguém que nem convive com essa pessoa?!

Não consigo entender quem briga ou compete sozinho. Não entendo quem continua batendo em quem não revida.

Não consigo entender quem diz que o outro é insignificante, que não conquistou nada por mérito próprio, que não é digno de admiração, que não tem caráter, que não tem talento, mas ainda assim não consegue ficar uma semana sem falar ou pensar no tal indivíduo.

Não entendo quem busca atenção através da dor, expondo e diminuindo o outro. Não entendo quem quer carinho, admiração e amizade mas só dá ódio. Não entendo porque alguns escolhem um caminho tão sofrido podendo escolher amor, leveza.

Imagino que muitos de vocês não entendam tudo isso também e que bom. Não tô sozinha.

Sei que em paralelo a tanta maldade  existe muita gente do bem, escolhendo o amor, a empatia e a evolução todos os dias. E essas pessoas me inspiram e me fazem querer continuar. Por elas, junto com elas.

Seja você mesmo. Abrace sua singularidade. Proteja sua essência. Se blinde quando necessário. Priorize sua saúde mental. Saiba diferenciar o que te edifica do que só serve pra te ferir. Aprenda com seus erros. Aceite-se e perdoe-se. Rodeie-se de amor e verdade. E siga sendo luz.

E pra quem interessar possa, tá tudo bem comigo. Tô vivendo um momento necessário e importantíssimo de recolhimento e reflexão. Quero crescer e evoluir. Me encontrar e me libertar. Estou buscando separar cada vez mais minha vida real dessa vida virtual maluca da qual virei refém.

E isso tudo foi só um desabafo."

DESTAQUES DOS EDITORES