Folia em evolução e em ebulição

Carnaval ganha força e mostra que Curitiba também tem samba no pé

Ensaio da Acadêmicos da Realeza: baterias universitárias somam
Ensaio da Acadêmicos da Realeza: baterias universitárias somam (Foto: Franklin de Freitas)

Há quem diga que se São Paulo é o túmulo do samba (como teria afirmado Vinícius de Moraes), Curitiba é o cemitério do Carnaval. E de fato por muitos anos o município fez jus à pecha, inclusive com muita gente se orgulhando pela cidade ser conhecida e reconhecida como a capital anti-Carnaval de rua do Brasil. Mas nos últimos tempos a sisudez típica começou a desmoronar, entregando-se à irresistível cadência do gênero musical de raízes africana e ao embalo da tradicional festa popular. Curitiba, enfim, mostra não ser ruim da cabeça nem doente do pé.

Leia mais no Barulho Curitiba