Combustível

Carta de governadores rebate Bolsonaro sobre aumento na gasolina; Ratinho Jr não assina

Ratinho Jr (PSD): além do paranaense, outros seis governadores não assinaram o texto
Ratinho Jr (PSD): além do paranaense, outros seis governadores não assinaram o texto (Foto: Franklin de Freitas)

O governador Ratinho Júnior (PSD) não assinou carga divulgada ontem por vinte governadores que rebate às acusações do presidente Jair Bolsonaro, com relação ao aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no combustível. Além do paranaense, também não assinaram o texto os governadores do Acre, Gladson Camelli (PP); do Amazonas, Wilson Lima (PSC), de Rondônia, Marcos Rocha (sem partido); de Roraima, Antonio Denarium (PP); do Tocantins, Mauro Carlesse (PSL); e de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL).

Leia mais no blog Política em Debate.