Publicidade
Bosque do alemão

Casa Encantada recebe a Bruxa Alegria, a 17ª contadora de histórias

Ontem, teve batizado da nova bruxinha
Ontem, teve batizado da nova bruxinha (Foto: Franklin de Freitas)

A Bruxa Alegria é a 17ª contadora de histórias da rede municipal de ensino e desde ontem divide o “escritório” com as outras 16 colegas na Casa Encantada do Bosque Alemão, na Vista Alegre. O local foi inaugurado pelo prefeito Rafael Greca em março de 1996 e funciona como biblioteca e espaço para contação de histórias. 

“É a realização de um sonho”, disse a professora Suzy Patrícia Viesser, a Alegria, que deu vida à personagem com a história A Bruxa do Batom Borrado, de Anderson Novelo. Ela foi “batizada” durante cerimônia realizada com a presença da secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, da coordenadora de Projetos da Educação, Andréa Barletta, de crianças, visitantes, turistas e – claro – das demais bruxas.

Sarah Mary Ordenez Colello, 8 anos, foi para a contação de histórias no bosque vestida a caráter e se deparou com o batizado.

“Eu achei muito legal, nunca tinha visto isso”, disse Sarah, que tirou foto com as bruxas contadoras de histórias do bosque.

A turista espanhola Arantxa Ramírez, de Barcelona, foi conhecer o local com o marido e as filhas. “Estou gostando muito, que surpresa este lugar no bosque”, comentou, referindo-se à Casa Encantada.

A Casa Encantada tem 17 personagens que se revezam nas contações de histórias realizadas de terça a sexta-feira, às 9h30 e às 14h30, e aos finais de semana e feriados às 11h, 14h e 16h.

A biblioteca da Casa Encantada é uma das 194 unidades da Rede Municipal de Bibliotecas Escolares, com um acervo de 2,4 mil livros para empréstimo.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES