Publicidade
Polícia Civil

Caso do ‘maníaco do Sandero’ tem revelações e namorada presa

Investigação sobre o “maníaco do Sandero” avançam
Investigação sobre o “maníaco do Sandero” avançam (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil do Paraná prendeu, na sexta-feira passada, a namorada do homem que ficou conhecido popularmente como o “Maníaco do Sandero”. O suspeito é investigado por um estupro consumado e outros crimes de natureza sexual, que ocorreram no mês de dezembro de 2019, em Curitiba. A mulher, de 23 anos, foi presa em flagrante durante cumprimento de mandado de busca e apreensão em sua residência, no bairro Juvevê. Com ela foram apreendidas quatro munições calibre 32.

As munições apreendidas são do mesmo calibre do revólver apreendido anteriormente com seu parceiro, que seria o utilizado nos crimes. A mulher, que não possuía antecedentes criminais, foi autuada em flagrante por posse de irregular de munição. Como a legislação determina, foi arbitrada fiança no valor de R$ 3 mil. Até o início da tarde de ontem a suspeita permanecia presa.

Nos últimos dias, pelo três vítimas do suspeito o teriam identificado, inclusive a que foi violentada no Jardim Social, em dezembro.

Revelações
Também na sexta-feira, o suspeito de ter cometido os crimes sexuais foi ouvido pela polícia, e teria revelado que é portador do vírus HIV. O homem é suspeito de cometer um estupro consumado, além de outras situações que estão sendo analisadas e podem vir a ser tipificadas como estupro tentado ou outro outro crime. Os casos estão sendo apurados pela PCPR, com o intuito de verificar a autoria e comprovar o envolvimento do suspeito preso.

O suspeito é condenado por um crime de roubo ocorrido em Santa Catarina no ano de 2009, e estava foragido.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES