Boletins

Casos ativos de Covid-19 em Curitiba terminam junho com tendência de alta

Até ontem, Curitiba tinha seis pacientes com Covid em UTIs
Até ontem, Curitiba tinha seis pacientes com Covid em UTIs (Foto: Franklin de Freitas)

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba registrou, nesta quinta-feira (30), 1.201 novos casos de Covid-19 e quatro óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus. No boletim, também constavam 7.878 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus. O número de casos ativos voltou a ter alta nas últimas semanas, e oscilou bastante ao longo de junho.

O mês começou com os casos nas alturas. Eram 11.627 no dia 1º de junho. Seguiu neste patamar nos primeiros dias do mês e, a partir do dia 6 iniciou uma tendência de queda, chegando a 5.975 no dia 20 de junho.

Daí por diante, os casos ativos seguem em tendência de alta, embora em ritmo menor que em outros picos de casos. Do dia 21 a 27 de junho ficaram na casa dos 6 mil ativos. Nesta semana, desde a segunda-feira, a cidade viu os casos saltarem de 6.718 para os 7.878 até ontem.

Internados

A taxa de ocupação dos 18 leitos de UTI SUS preferenciais para doenças respiratórias era de 56%, ontem, em Curitiba. Dos dez leitos ocupados, seis estavam pacientes com Covid-19. Restavam oito leitos livres.

A taxa de ocupação dos 30 leitos de enfermaria SUS preferenciais para doenças respiratórias estava em 47%. Havia 16 leitos vagos.

Até o momento, foram contabilizadas 8.371 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia. Com os novos casos confirmados ontem, 490.905 moradores de Curitiba testaram positivo para a Covid-19 desde o início da pandemia.

Paraná

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou nesta quinta-feira (30) mais 3.725 casos confirmados e 26 mortes — não necessariamente representam a notificação das últimas 24 horas — em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 2.611.712 casos confirmados e 43.534 mortos pela doença.

Os dados de internamentos incluem todos os pacientes com casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e suspeitos ou confirmados da Covid-19. Até ontem, 666 pessoas estavam internadas nos leitos SUS (162 em UTI e 504 em leitos clínicos/enfermaria), seja por suspeita ou diagnóstico de Covid-19 ou de outras SRAGs.

Brasil

As secretarias estaduais e municipais de Saúde registraram 75.139 novos casos de Covid-19 e confirmaram 291 mortes por complicações associadas à doença no boletim desta quinta-feira (30), na atualização do Ministério da Saúde.

Com as novas informações, o total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus durante a pandemia já soma 32.358.018. O total de óbitos alcançou 671.416, desde o início da pandemia.

Capital vacina nesta sexta-feira com quarta dose os nascidos no 1º semestre de 1973

Curitiba iniciou nesta quinta-feira (30) a vacinação de quarta dose para pessoas entre 40 e 49 anos que receberam Coronavac, AstraZeneca, Pfizer ou Janssen no esquema vacinal inicial. Nesta quinta-feira, pessoas nascidas em 1972, e que tomaram a 1ª reforço até 2 de março, foram vaciadas. Hoje é a vez dos nascidos no 1º semestre de1973, vacinadas com 1ª reforço até 3 de março e repescagens.

Novo cronograma deve ser divulgado convocando os demais anos daqueles com 40 a 49 anos para a semana que vem. O Ministério da Saúde liberou a quarta dose (2º reforço) para esta fixa etária desde o dia 20 de junho.

Nesta semana, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba convocou 65,4 mil pessoas para se vacinarem contra a Covid-19. O novo chamamento concluiu a convocação da 2ª dose de reforço para profissionais autônomos da Saúde, contemplou a 2ª dose de crianças de 5 a 11 anos, adolescentes e adultos, o 1º reforço para pessoas com 12 anos ou mais (3ª dose para quem iniciou a vacinação com Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer; entre outros).