Publicidade
Semana Santa

Celebrações da Paixão de Cristo começam nesta quinta-feira, mas sem público

Encenações da Paixão de Cristo foram canceladas neste ano
Encenações da Paixão de Cristo foram canceladas neste ano (Foto: Cido Marques/FCC)

Começam nesta quinta-feira (9) as celebrações mais tradicionais dos católicos em preparação para a Páscoa, quando rememoram a ressurreição de Cristo. Os atos da Paixão de Cristo, que iniciam com a Quinta-Feira Santa, acontecem sem a presença dos fieis por causa do coronavírus. As missas não devem ter aglomerações nas igrejas, ausência de procissões e a possibilidade de oferta de comunhão eucarística no domingo de Páscoa nos carros, são os principais impactos da doença na tradição religiosa.

A Quinta-Feira Santa marca para os católicos o início do Tríduo Pascal, com as tradicionais celebrações em preparação para a Páscoa. Na Arquidiocese de Curitiba, sem público presente nas missas desde 19 de março, as igrejas preparam-se para celebrações com transmissões nas redes sociais. Um roteiro litúrgico de oração foi disponibilizado no site da Arquidiocese, para que as famílias possam celebrar em suas casas os ritos da quinta, sexta e sábado santos.

Algumas alterações às tradições serão realizadas em adaptação ao momento vivido: não acontece o tradicional ato de lava-pés hoje, não ocorre a via sacra ou a procissão do Senhor morto na sexta-feira, nem ocorre a bênção “fogo novo” na vigília de sábado, entre outras alterações nos roteiros celebrativos necessárias pela ausência de público.

No domingo de Páscoa, além das celebrações online, algumas paróquias de Curitiba poderão oferecer a comunhão eucarística aos católicos preferencialmente nos carros, no período das 8 às 12 horas, seguindo as recomendações sanitárias instruídas pela Prefeitura de Curitiba.

Não serão todas as paróquias com possibilidade de oferecer a comunhão, portanto os fiéis devem consultar previamente os canais de comunicação de sua paróquia.

No feriado, Prefeitura reforça pedido de distanciamento

Ficar em casa é a recomendação da Secretaria Municipal da Saúde para conter a proliferação do novo coronavírus. Curitiba mantém uma série de espaços fechados, além de serviços e atrativos suspensos ou reduzidos neste período. Pouco muda nos feriados da Sexta-Feira Santa e Páscoa deste ano.

Parques e outros locais ao ar livre podem ser frequentados para atividades físicas, desde de que sejam feitas de forma individual ou a distância, em horários alternativos. É importante a colaboração de toda a população para conter a disseminação da covid-19.

Estão fechados o Zoológico de Curitiba, o Passeio Público, o Bosque Reinhard Maack, o Memorial Polonês no Bosque do Papa, e o Memorial Ucraniano no Parque Tingui. O Jardim Botânico e o Museu de História Natural Capão da Imbuia também não funcionam para evitar aglomerações há algumas semanas. Repartições públicas não têm expediente.

Apesar das recomendações sobre o distanciamento mesmo durante o feriado, a Prefeitura divulgou como funcionará alguns serviços nos próximos dias. O transporte público faz horário de feriado nsta sexta-feira (10), e em horário de domingo no sábado (11) e domingo (12).

Postos de saúde fecham nesta sexta. As UPAs funcionam 24 horas todos os dias.

O Mercado Municipal pode abrir, mas a abertura dos Boxes e lojas será facultativa para os estabelecimentos e seguirá o horário de funcionamento habitual. Feiras livres também são facultativas.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES