Publicidade
Novidade

Centro Cultural cria circuito turístico negro em Curitiba

Itiner\u00e1rio da Linha Preta.
Itiner\u00e1rio da Linha Preta. (Foto: Divulgação)

Um novo circuito turístico foi criado em Curitiba. A Linha Preta é uma  proposta de turismo na capital, um roteiro que apresenta uma outra Curitiba: a cidade que abriga mais de 20% de negros. Segundo dados da PNAD Contínua (2017), são 399,369 mil afrodescendentes que vivem na região. No roteiro são apresentados 21 pontos que marcam a história do povo negro na cidade e no estado. Idealizado pelo Humaita, Centro de Estudo e Pesquisa da Arte e Cultura Afrobrasileira, em parceria com o curso de Jornalismo da UniBrasil, o projeto Linha Preta apresenta uma nova Curitiba, a cidade construída com a ajuda dos negros e que muitas pessoas não tem conhecimento.

No ano em que se completam 130 anos da Abolição da Escravatura e 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, o projeto Linha Preta destaca, com repercussão positiva, os locais da cultura negra na cidade e faz a história deste povo reviver. 

O lançamento do projeto foi realizado no dia 24 de junho, na Casa Romário Martins, no Largo da Ordem e o agendamento para passeios pode ser feito pelo site o ano inteiro.

A  Diretora fundadora do Humaitá, Melissa S. Reinehr, estará sempre disponível para um passeio em alguns pontos no trajeto da Linha Preta, como o Museu de Arte Sacra, o bebedouro e a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos de São Benedito (Igreja do Rosário).

Você pode conferir a Linha Preta em:

Site: https://linhapretacuritiba.wixsite.com/linha-preta

Facebook: facebook.com/linhapreta.cwb

Instagram: instagram.com/linhapreta.curitiba

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES