Publicidade
Pais e filhos

Check up oftalmológico é importante no retorno às aulas. Saiba os motivos?

(Foto: Divulgação)
Muitas crianças estão retornando às aulas nesta semana após o término das férias de verão. Período propício para que os pais verifiquem se há algum probleminha de visão em seus filhos. "Fazer um check up oftalmológico para detectar e até mesmo descartar eventuais problemas oculares é muito importante para as crianças, antes do início das aulas. Problemas de visão, quando não tratados, interferem diretamente no rendimento escolar", alerta a oftalmologista com especialização em Oftalmopediatria e Estrabismo pela Universidade Federal de São Paulo e University of Texas Southwestern, em Dallas (EUA),Dayane Issaho.

Segundo dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), cerca de 10% das crianças abaixo dos 4 anos de idade precisam de óculos. Esse número sobe para 20% naquelas com até 10 anos e 30% nos adolescentes. O diagnóstico precoce é fundamental para uma boa evolução do tratamento. 

A oftalmopediatra explica que o desenvolvimento cerebral da visão ocorre até cerca de 7-8 anos de idade e, por isso, é fundamental detectar o quanto antes qualquer alteração visual  para permitir que ocorra um desenvolvimento normal da visão na criança. Issaho também ressalta que durante as férias, os pequenos normalmente abusam em ficar em frente a aparelhos eletrônicos, o que pode comprometer a visão. 

"Por se tratar de recesso escolar, muitas vezes, os pais permitem que os filhos permaneçam interagindo com tablet, computadores, videogames por um espaço de tempo superior ao recomendado na medicina. Assim, quando as férias acabam é aconselhável uma consulta ao oftalmologista para ver se está tudo ok com a saúde dos olhos", afirma. *Sinais* Há alguns sinais que servem de alerta para os pais sobre a possibilidade de algum probleminha de visão estar acometendo seus pequenos. Dai há necessidade de agendar uma consulta junto ao oftalmopediatra já que tais indicativos sugerem a existência de alguma alteração ocular.

Dayane Issaho lembra que os principais problemas visuais são os erros refrativos (miopia, astigmatismo e hipermetropia) que são corrigidos com o uso de óculos. Outros problemas comuns são: estrabismo; ambliopia: também conhecida como visão preguiçosa e alergia ocular. Cada qual tem seu tratamento específico e portanto, a necessidade de se consultar um oftalmologista.


Fique atento:

Se a criança pisca muito, não tem interesse por atividades que requeiram esforço visual (leitura, tablets, computadores);

Apresenta muita sensibilidade à claridade;

Coça os olhos com frequência;

Aproxima-se demais do aparelho para assistir televisão;

Queixa-se constantemente de dor de cabeça ou dor nos olhos;

Cai ou esbarra nas coisas com muita frequência;

DESTAQUES DOS EDITORES