Publicidade
Tempestade

Chuva causa série de estragos e afeta 1.500 pessoas em Curitiba

Chuva causa série de estragos e afeta 1.500 pessoas em Curitiba

A chuva de sábado (3) à noite em Curitiba causou diversos estragos e afetou pelo menos 1.500 pessoas. Houve alagamentos, danos em residências, desmoronamentos e quedas de muros, construções e árvores. O balanço é da Prefeitura de Curitiba, divulgado na manhã deste domingo (4).

Chuva provoca estragos; água invade estacionamento de shopping no Portão

Escolas e CMEIS afetados pelas chuvas terão funcionamento diferenciado

Prefeitura de Curitiba vai distribuir 1,3 tonelada de alimentos para atingidos pela chuva

Manifestantes atingidos pela chuva fecham Contorno Sul por seis horas

Os bairros com mais alagamentos foram Pinheirinho, Bairro Novo, Fanny, Cidade Industrial de Curitiba (CIC), Boa Vista, Portão, São Lourenço, Hauer, Água Verde e Rebouças. Segundo a Prefeitura, 300 residências foram atingidas, mais de 1500 pessoas acabaram afetadas e pelo menos 200 pessoas ficaram desalojadas.

Na CIC, a Escola Municipal Otto Bracarense foi aberta para receber pessoas desalojadas. Elas também foram atendidas na igreja Assembleia de Deus, no mesmo bairro. Além disso, foram registradas situações de alagamentos nas vilas Barigui, Luana, Sabará, Vila Verde e Itatiaia. E houve a queda do muro da Escola Municipal Professor Dario Veloso.

No bairro Portão, a chuva invadiu o estacionamento do Shopping Palladium. Na Unidade de Saúde Parolin, parte do telhado desabou.

A Linha Verde foi tomada pela água entre os bairros Hauer e Pinheirinho.

Na regional Tatuquara, três famílias tiveram as casas destelhadas e precisaram ser alojadas em moradias de parentes.

Na Regional Boa Vista, uma comunidade terapêutica para idosos alagou e os idosos foram remanejados pela Secretaria Municipal da Saúde.

Também ocorreram cinco situações de desmoronamentos e quedas de árvores nos bairros Alto da XV, Novo Mundo, Portão e São Lourenço.

Segundo o Simepar, entre 19h30 e 20 horas choveu 38,4mm. O acumulado em 24 horas foi de 68 mm. A média é de 123 milímetros para todo o mês de março. Há previsão de mais chuva forte para este domingo (4) na cidade.

As equipes da Prefeitura de Curitiba continuam mobilizadas, atendendo às famílias. CRAS estão abertos desde às 8h30 deste domingo para atender as pessoas afetadas pela tempestade. Estão funcionando o CRAS Parolin e CRAS Fazendinha CRAS Barigui  - CIC e CRAS Pinheirinho.

Publicidade

DESTAQUES DOS EDITORES