Previsão do tempo

Chuva provoca estragos em Curitiba e não deve dar trégua

Céu na Capital deve ficar encoberto a semana toda
Céu na Capital deve ficar encoberto a semana toda (Foto: Franklin de Freitas)

A chuva chegou intensa em Curitiba na tarde de ontem. Foram 64,6 mm de precipitação acumulada até o começo da noite na Capital, de acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná. Foram quatro registros de quedas de árvores ou galhos grandes com bloqueio em via pública, nos bairros Mercês, Hugo Lange e São Braz (duas), além de três solicitações para fornecimento emergencial de lona para os bairros Abranches, Cajuru e Boa Vista.

A Defesa Civil registrou sete pontos de alagamento no Bairro Alto (dois), Alto da XV (dois), Tarumã, Cajuru e Bacacheri. Até o momento, não houve casos de pessoas feridas nem de que precisaram sair de suas casas (desabrigados ou desalojados).

Houve inundações nas imediações das ruas Fernando Amaro, Simão Bolivar, Marechal Deodoro e Conselheiro Carrão, no Alto da XV. Na Rua Fernando Amaro, dois condomínios tiveram garagens inundadas. Ainda, um muro caiu na Rua José Wosch Sobrinho, no Tingui.

Outras cidades da Grande Curitiba também tiveram registro de muita chuva, todas acima dos 50 mm. A chuva entrou pela noite e a madrugada.

Para hoje, a previsão no site do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) era de mais chuva na RMC desde cedo.

As temperaturas ficam amenas por causa da grande cobertura de nuvens. Hoje, a máxima não deve passar muito dos 20ºC e a mínima fica em 18ºC. Por causa da baixa amplitude térmica, é possível uma sensação de frio ao longo do dia.

O resto da semana não muda muito, com temperaturas na casa dos 22 a 23 graus de máxima e a mínima oscilando entre 17 e 18 graus. Todos estes dias podem ter pancadas de chuva. Essa previsão vale até o final do mês de janeiro para a Capital e região.