Publicidade
Tempestade

Ciclone extratropical faz dia virar noite e causa destruição na Grande Curitiba. Veja vídeo

Chuva forte, granizo e ventos de até 97 km/h atingiram Curitiba e região na tarde desta terça (30). Praticamente todos os bairros  da capital foram atingidos, além de cidades da Região Metropolitana. O dia virou noite e há árvores caídas, placas derrubadas e casas destelhadas.  Segundo o Simepar, a tempestade é resultado de ciclone extratropical intenso, também conhecido como "ciclone bomba", que passa pela Região Sul do País.

Até às 21h30, a Prefeitura registrou 513 solicitações de ocorrências com quedas de árvores ou galhos, em vias públicas e terrenos particulares via sistema Central 156 - muitas delas para um mesmo endereço, nesta terça-feira (30/6). Não houve registro de feridos, desalojados ou desabrigados. Foram 57 destelhamentos provocados pelas fortes rajadas de vento, que de acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) ultrapassaram 97,9 km/h.

Veja o momento em que o ciclone atinge condomínio em Curitiba

Uma dessas ocorrências foi no Conjunto Residencial Vila Velha, no Campo Comprido Entre as ocorrências desta terça-feira, uma árvore caiu em cima de uma residência na Rua Leônidas Xavier de Freitas, no Pilarzinho. A situação foi atendida pela Subsecretaria Regional de Proteção e Defesa Civil e pela Guarda Municipal. Na sequência, a estrutura do imóvel será analisada por uma equipe da Coordenadoria de Segurança em Edificações e Imóveis (Cosedi). Além disso, também foi registrada a queda de um Pinheiro em cima de um ônibus da Linha Solitude, felizmente sem feridos.

Segundo o Setran ,vários semáforos ficaramapagados na Rua Monsenhor Ivo Zanlorenzi, no cruzamento com a Major Heitor Guimarães e com a Gen. Mário Tourinho,  na Rua Martim Afonso no cruzamento com as ruas Euclides da Cunha e General Aristides Athayde Júnior. Mas leitores do Bem Paraná também alertaram sobre semáforos apagados no Centro, Centro Cívico, Portão, Água Verde, Ahú. 

Sem energia

Diversos bairros de Curitiba estão sem energia. A Sanepar informou também que uma queda de energia no Recalque Bacacheri e no Reservatório São Braz pode afetar parcialmente a distribuição de água em bairros em Curitiba nesta terça-feira (30). A distribuição pode ser reduzida no Ahú, Atuba, Bacacheri, Barrerinha, Boa Vista, Butiatuvinha, Cabral, Cascatinha, Centro Cívico, Juvevê, Órleans, Santa Cândida, Santa Felicidade, Santo Inácio São Braz, São Lourenço e Tingui. A normalização deve ocorrer à noite, de forma gradativa.       

De acordo com a Copel, 193 mil unidades consumidoras estavam sem luz por volta das 17h45, o que representa 30% da cidade.

Central 156

O cidadão que precisar comunicar a Prefeitura sobre a queda de árvores deve utilizar o telefone 156 da Central de Atendimento ao Cidadão, pelo site (www.central156.org.br) ou pelo aplicativo do serviço. O atendimento é feito por ordem de chamada e também de acordo com a gravidade da situação relatada.

Evite sair de casa

Enquanto estiver chovendo, a orientação da Defesa Civil é que se evite sair de casa. Se a pessoa já estiver na rua, deve evitar se abrigar embaixo de árvores e de estruturas metálicas, estando a pé ou de carro. Debaixo de chuva, o motorista deve redobrar a atenção e reduzir a velocidade.

A Defesa Civil registra as ocorrências que chegam ao município pelo telefone de emergência 199 e, também, pelo 156 (Central de Atendimento ao Cidadão) e pelo 153 (Centro de Operações da Guarda Municipal).

Outras situações decorrentes de chuvas ou temporais podem ser atendidas pelo Corpo de Bombeiros (193) e pela Copel.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES