Publicidade
Paraná

Claudemir é julgado, mas poderá atuar

O lateral-direito Claudemir, do Paraná Clube, foi punido ontem no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com uma partida de suspensão. Ele foi indiciado no artigo 252 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata de “ofensa moral” ao árbitro e prevê suspensão de dois a seis jogos. No entanto, advogado Lucas Pedrozo, que defendeu o jogador, conseguiu mudar a denúncia para o artigo 251 – “reclamar da arbitragem”, com pena de um a quatro jogos. 

Como já cumpriu uma partida de suspensão automática, Claudemir poderá enfrentar hoje o Vila Nova. O jogador foi julgado ontem pela expulsão contra o América, em Natal, em 27 de junho. Aos 19 minutos do segundo tempo, levou cartão amarelo por reclamação. Segundos depois, recebeu o segundo cartão e foi expulso, pelo mesmo motivo.
Na súmula, o árbitro Emerson Batista da Silva (PB) relatou por que usou expulsou Claudemir. “Por me chamar de palhaço e dizer que eu estava de brincadeira”, escreveu. (SRF)
Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES