Maurício

Clube demite jogador da seleção de vôlei após declarações homofóbicas

O Minas Tênis Clube anunciou ontem a rescisão do contrato do jogador de vôlei Maurício Souza. O jogador fez publicações homofóbicas em seus perfis nas redes sociais e, no que havia sido combinado como um pedido de desculpas, voltou a defender sua posição original. O clube, então, decidiu encerrar o compromisso com o central de 33 anos. Ele havia sido afastado ontem, em razão da pressão de patrocinadores do time. Agora, está desempregado.

Além disso, pelo mesmo motivo, o técnico da seleção de vôlei, Renan Dal Zotto, disse que não vai mais convocar Maurício.