Sentimento de pertencimento

Colaboradores do setor de limpeza do MON participam de mediações e visitas guiadas

(Foto: Kraw Penas/Seec)

As equipes de colaboradores responsáveis pela limpeza e jardinagem do Museu Oscar Niemeyer (MON) estão participando neste mês de mediações e oficinas artísticas relacionadas às exposições em cartaz. As atividades do programa “Eu Participo!” são feitas para pequenos grupos, seguindo todo o protocolo sanitário do museu.

“O objetivo é promover o senso de pertencimento e a inclusão dos colaboradores como público destinatário imediato das ações culturais desenvolvidas pelo museu, além da apropriação do lugar e a integração entre equipes”, explica a diretora-presidente do MON, Juliana Vosnika. “São eles que fazem o Museu”.

O programa, destinado a atender colaboradores e equipes das empresas prestadoras de serviços, contempla ainda a distribuição de uma cota de ingressos/cortesia para que possam trazer seus familiares e amigos para visitarem o MON.

ACESSO E PARTICIPAÇÃO - A ação faz parte do Núcleo de Acesso e Participação (NAP), oficialmente instituído em 2019 no Museu Oscar Niemeyer. Formado por representantes de diversos setores da instituição, tem por objetivo articular e fomentar ações relacionadas à acessibilidade de diferentes perfis de público ao Museu e estimular a participação direta desses grupos no desenvolvimento de projetos específicos.

A ideia é melhorar as condições de acesso dos diferentes públicos ao MON e estimular a participação direta da sociedade na construção conjunta de soluções relacionadas à acessibilidade universal e à inclusão social.

SOBRE O MON - O Museu Oscar Niemeyer abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além da mais significativa coleção asiática da América Latina.

O acervo conta com aproximadamente 7 mil peças, abrigadas em um espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, 17 mil deles de área para exposições, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina. Os principais patrocinadores da instituição, empresas que acreditam no papel transformador da arte e da cultura, são: Copel, Sanepar, Grupo Volvo América Latina, Vivo e Moinho Anaconda.