Bandeira laranja

Colégio Militar de Curitiba adia retomada de aulas presenciais por conta do risco de contaminação

O Colégio Militar de Curitiba (CMC) enviou um comunicados aos pais e alunos adiando o retorno às aulas presenciais, agendadas para o dia 21 de setembro. O adiamento é explicado pelo fato de Curitiba estar enquadrada em situção de risco médio de contaminação pelo coronavírus, assinalado pela vigência da bandeira laranja.

"O Colégio Militar de Curitiba, desde a suspensão das aulas presenciais em março, iniciou os preparativos para o retorno seguro dos seus alunos. Foram realizadas aquisições de equipamentos e materiais, certificações de equipes de descontaminação, adequação de instalações físicas, dentre outras medidas, tudo para atender rigorosamente aos protocolos de segurança sanitária estabelecidos pelas autoridades municipais e estaduais."

Os detalhamentos de como ser darpa o retorno dos alunos, bem como as medidas sanitárias, serão reeditados em outra oportunidade.

"O CMC manté a convicção de que se encontra apto para o retorno seguro, no entanto, aguardaremos a melhoria da situação de risco do município para receber, o quanto antes, o bem mais importante, representado pelos nossos queridos alunos", diz o comunicado feito pelo Coronel Guilherme Azambuja Carrilho do Rego Barros, comandante e diretor de Ensino do Colégio Militar de Curitiba.