Análise de desempenho

Com a bola rolando, lateral do Athletico é o mais decisivo do Brasileirão

Abner: três gols e três assistências no Brasileirão 2020
Abner: três gols e três assistências no Brasileirão 2020 (Foto: Divulgação/Athletico.com.br/Mauricio Mano)

Abner, 20 anos, é o lateral-esquerdo mais decisivo do Campeonato Brasileiro 2020 nos lances com a bola rolando. Sem contar as jogadas de bola parada (faltas, escanteios e pênaltis), ele é o jogador da posição que mais participou diretamente de gols, empatado com Reinaldo, do São Paulo.

Em 32 jogos pelo Athletico na competição, Abner contribuiu com três gols marcados e três assistências, todos em lances com a bola rolando. Reinaldo tem um gol e cinco assistências nesse tipo de jogada.

Dentro do elenco do Athletico, Abner é o terceiro jogador mais decisivo, empatado com Nikão. Enquanto o lateral marcou três gols e fez três assistências, o meio-campista de 28 anos balançou as redes duas vezes e deu quatro passes para gols. Só dois jogadores do Furacão foram mais decisivos que eles na Série A de 2020: o ponta Carlos Eduardo (sete gols e quatro assistências) e o centroavante Renato Kayzer (oito gols e uma assistência).

LATERAIS-ESQUERDOS MAIS DECISIVOS COM A BOLA ROLANDO
Mais gols e assistências no Brasileirão 2020 sem contar lances de bola parada (faltas e escanteios)

Jogador

Clube

Total*

Gols

Assistências

Jogos

Abner

Athletico

6

3

3

32

Reinaldo

São Paulo

6

1

5

33

Arana

Atlético-MG

4

1

3

35

Juninho Capixaba

Bahia

4

0

4

22

*Soma de gols e assistências

LATERAIS-ESQUERDOS MAIS DECISIVOS NA BOLA PARADA
Mais gols de pênalti e falta e mais assistências em lances de bola parada (faltas e escanteios)

Nome

Clube

Gols de pênalti

Gols de falta

Assistências de bola parada

Reinaldo

São Paulo

5

0

1

Arana

Atlético-MG

3

0

2

Egídio

Fluminense

0

0

4

Fabio Santos

Corinthians

3

0

0

Moisés

Inter

0

0

3

*Assistências em escanteios e faltas

BOLA PARADA
O Athletico é o time que menos marcou gols de bola parada no Brasileirão 2020. Foram apenas dois dessa maneira. Um deles foi um escanteio batido pelo meia Ravanelli para finalização do zagueiro Thiago Heleno, na vitória por 1 a 0 sobre o Santos. Outro foi uma cobrança de falta do lateral/volante Léo Gomes para cabeceio do centroavante Renato Kayzer, na derrota por 3 a 1 contra o Flamengo. O Furacão é o único time da competição que não marcou gol de pênalti na edição. O clube teve uma cobrança a favor, mas Nikão desperdiçou.