Em Londrina

Com direito a 'lei do ex', Londrina vence o Operário e sobe na tabela da Série B

(Foto: Ricardo Chicarelli / Londrina EC / Flickr)

A conhecida "lei do ex" é implacável. Com gol de Douglas Coutinho na reta final do segundo tempo, o Londrina venceu, na noite desta quarta-feira, o Operário, por 2 a 1, no estádio do Café, em Londrina, pela nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Douglas Coutinho chegou ao Londrina no início deste ano, mas em 2020 vestiu a camisa do Operário, tendo atuado em 40 partidas e marcado nove gols. Nesta quarta-feira mostrou o porque foi contratado e ajudou o Londrina em mais uma vitória na competição.

O Londrina ganhou sete posições, respira contra a zona de rebaixamento e aparece em oitavo, com 11 pontos. Enquanto o Operário ficou estacionado nos 12 pontos e em sétimo lugar.

O Londrina dominou as ações no primeiro tempo, criou as melhores oportunidades de gol e colocou o experiente goleiro Vanderlei para trabalhar. Logo aos sete minutos, Jhonny Lucas finalizou, a bola desviou no zagueiro Reniê e parou lentamente na trave, dando tempo de Vanderlei fazer a defesa.

Animado, o Londrina seguiu no ataque e arriscou chutes de fora da área. Aos 22 minutos, Caprini cobrou falta na barreira, mas ficou com o rebote e finalizou com perigo. Gegê e Gustavo Vilar também tentaram tirar o zero do placar, mas sem sucesso.

De tanto insistir, o Londrina abriu o placar aos 45 minutos. Matheus Nogueira lançou Douglas Coutinho, que deu um lençol no marcador, partiu em velocidade e tocou para Gabriel Santos finalizar colocado na saída do goleiro Vanderlei, num belo gol do time da casa.

No segundo tempo, o Londrina quase ampliou aos dois minutos, quando Capirini arriscou de longe e acertou a trave. Contudo, foi o Operário que empatou, após o VAR revisar lance em que Gegê, do Londrina, dominou bola com a mão dentro da área. Aos 20, Paulo Sérgio cobrou e deslocou o goleiro.

O Londrina sentiu o gol de empate e cinco minutos depois quase viu o Operário virar o placar. Saimon errou passe no meio-campo e Paulo Sérgio ficou livre com a bola. O atacante invadiu a área, mas na hora de chutar foi travado pelo zagueiro Gustavo Vilar.

A reta final da partida ficou movimentada e o Londrina aumentou as investidas pelo gol da vitória. Samuel Santos quase marcou aos 36, até que Douglas Coutinho aproveitou sobra na área aos 41 e finalizou no canto direito de Vanderlei, dando números finais ao confronto.

O Londrina volta a campo na sexta-feira, dia 3 de junho, para visitar a Chapecoense, às 19 horas, na Arena Condá, em Chapecó. O Operário, no mesmo dia, mas às 21h30, receberá o Cruzeiro, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa.

FICHA TÉCNICA

LONDRINA 2 X 1 OPERÁRIO

LONDRINA - Matheus Nogueira; Samuel Santos, Saimon, Gustavo Vilar e Eltinho; João Paulo, Jhonny Lucas, Gegê (Alan Ruschel) e Caprini (Mirandinha); Douglas Coutinho (Salatiel) e Gabriel Santos (Mossoró). Técnico: Adilson Batista.

OPERÁRIO - Vanderlei; Lucas Mendes, Thales, Reniê e Fabiano; André Lima (Giovanni Pavani), Ricardinho (Júnior Brandão), Marcelo (Rafael Chorão) e Tomas Bastos (Felipe Saraiva); Silvinho (Felipe Garcia) e Paulo Sérgio. Técnico: Claudinei Oliveira.

GOLS - Gabriel Santos, aos 45 minutos do primeiro tempo. Paulo Sérgio, aos 20; e Douglas Coutinho, aos 41 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Leandro Pedro Vuaden (RS).

CARTÃO AMARELO - Gabriel Santos (Londrina);Fabiano, Ricardinho, Rafael Chorão e Silvinho (Operário).

PÚBLICO E RENDA - Não divulgados.

LOCAL - Estádio do Café, em Londrina (PR).