Brasileirão

Com falha de Santos e gol contra, reservas do Athletico perdem para o Flu

Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense (Foto: Joka Madruga)
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense (Foto: Joka Madruga)
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense (Foto: Joka Madruga)
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense (Foto: Joka Madruga)
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense (Foto: Joka Madruga)
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense (Foto: Joka Madruga)
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense (Foto: Joka Madruga)
Athletico 0x1 Fluminense
Athletico 0x1 Fluminense (Foto: Joka Madruga)

O Athletico Paranaense perdeu por 1 a 0 para o Fluminense, nesse domingo (dia 17) à tarde, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou em 9º lugar, com 34 pontos. A equipe carioca está na 8ª posição, com 36 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

O único gol da partida foi contra, do zagueiro Zé Ivaldo, após falha do goleiro Santos. Clique aqui para assistir ao gol.

Clique aqui para assistir aos melhores momentos da partida, no canal oficial do Athletico no Youtube.

Com o placar, o Athletico chegou à 3ª partida sem vencer. O técnico Alberto Valentim soma agora 1 vitória, 1 empate e 2 derrotas no comando da equipe.

Clique aqui para ver as ATUAÇÕES — notas para os jogadores do Athletico.

SEM NIKÃO
Nikão estava suspenso por cartões amarelos. Nas 8 partidas sem o jogador no Brasileirão 2021, o Athletico somou 1 vitória, 1 empate e 6 derrotas – aproveitamento de 17% dos pontos. Como comparação, a lanterna Chapecoense tem 16%. Com Nikão, o time somou 9 vitórias, 3 empates e 6 derrotas na Série A – aproveitamento de 55% dos pontos disputados. O Palmeiras (4º colocado) tem 55%.

FASES
Nos últimos 5 jogos, o Athletico somou 1 vitória, 1 empate e 3 derrotas. E o Fluminense, 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas.

ESCALAÇÃO
Na próxima quarta-feira (dia 20), o Athletico enfrenta o Flamengo no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. Com isso, nesse domingo, a comissão técnica decidiu escalar apenas três titulares: Bissoli, Santos, Zé Ivaldo e Richard. E Bissoli não está inscrito na Copa do Brasil. Richard e Christian estão suspensos para a partida de quarta-feira. O técnico Alberto Valentim manteve o esquema tático 5-2-3 para se defender e no 3-4-3 para atacar. Nesse formato, o setor ofensivo ficou com Carlos Eduardo (direita), Pedro Rocha (esquerda) e Bissoli (centro). No Fluminense, as baixas eram Fred, Gabriel Teixeira, Ganso, Hudson e Luccas Claro.

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo teve o Athletico melhor, jogando com postura avançada, pressionando a saída de bola adversária e construindo boas jogadas com os avanços de Khellven e Christian. Foram quatro boas jogadas ofensivas do time mandante na primeira etapa, mas nenhuma chance clara. O Flu ficou recuado nos primeiros 30 minutos e só começou a incomodar depois disso. Na sua terceira boa jogada, o time carioca chegou ao gol. Aos 33, Samuel Xavier cruzou da direita para a pequena área, Santos não alcançou e a bola entrou após bater na nuca de Zé Ivaldo - gol contra. O Athletico teve chance clara aos 37, quando Pedro Rocha ficou na cara do gol e chutou no canto, mas Marcos Felipe fez grande defesa.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, o lateral Márcio Azevedo entrou no lugar de Richard e ficou improvisado como volante. O esquema tático continuou o mesmo. Aos 2 minutos, John Kennedy foi derrubado por Khellven na área. O árbitro marca pênalti, mas o VAR encontra impedimento do atacante e anula o lance. O jogo ficou amarrado depois disso, quase sem ataques dos dois lados. Aos 17, a segunda troca no Athletico, com a entrada do ponta Jaderson no lugar do zagueiro Hernández. O time mudou para o 4-2-3-1. Aos 24, mais duas substituições no time mandante, com as entradas do volante Erick e do centroavante Mingotti. Márcio Azevedo passou para a lateral-esquerda e o 4-2-3-1 foi mantido. O time se perdeu em campo. O Flu ficou recuado e amarrou o jogo. Aos 35, entrou o meia-atacante Jader no lugar do ponta Carlos Eduardo, mas já era tarde demais. O time carioca conseguiu segurar o resultado.

ESTATÍSTICAS
No total dos 90 minutos, o Athletico teve 15 finalizações (6 certas), 52% de posse de bola, 83% de eficiência nos passes e 22 faltas cometidas. Já o Flu somou 6 finalizações (2 certas), 48% de posse de bola, 84% de eficiência nos passes e 15 faltas cometidas. Os dados são do site Sofascore.

ATHLETICO 0x1 FLUMINENSE
Santos; Khellven, Zé Ivaldo, Nico Hernández (Jaderson), Lucas Fasson e Pedrinho (Erick); Richard (Márcio Azevedo) e Christian; Carlos Eduardo (Jader), Pedro Rocha e Bissoli (Mingotti). Técnico: Alberto Valentim
Fluminense: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino (Manoel), David Braz e Marlon; André e Yago Felipe (Nonato); Luiz Henrique (Lucca), Jhon Arias (Martinelli) e Caio Paulista; John Kennedy (Abel Hernández). Técnico: Marcão
Gol: Zé Ivaldo, contra (33-1º)
Cartões amarelos: Lucas Fasson, Nico Hernández (A). Arias (F).
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Público: 1.521 total
Local: Arena da Baixada

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
3 - Richard desarma Arias no ataque e aciona Bissoli, que chuta da risca da área. O goleiro espalma no canto.
13 - Khellven dispara, tabela com Christian, recebe na área e chuta mal, para longe.
18 - Pedro Rocha toca para Christian, na risca da área. Ele chuta no centro e o goleiro defende.
28 - André lança. Caio Paulista sai nas costas da defesa e avança até a área. Zé Ivaldo se recupera e desarma o adversário.
29 - Andréc chuta de fora da área. Santos segura no centro.
30 - Boa jogada do Athletico. Christian chuta de fora da área. A bola bate na zaga e sai para escanteio.
31 - Pedro Rocha bate escanteio. Zé Ivaldo cabeceia. O goleiro defende.
33 - Gol do Flu. Samuel Xavier cruza da ponta direita. Santos não alcança. A bola bate na nuca de Zé Ivaldo, na pequena área, e entra. Gol contra.
37 - Boa jogada do Athletico na área. Bissoli ajeita e Pedro Rocha, na cara do gol, chuta no canto. O goleiro faz grande defesa.

Segundo tempo
6 - Bissoli faz boa jogada e deixa Carlos Eduardo livre na área. Ele tenta driblar o último zagueiro e se atrapalha.
22 – André chuta de fora da área. Santos espalma no cantinho.
23 – Martinelli solta a bomba de fora da área. A bola vai sobre o gol.
49 – Lucca cobra falta. Manoel fica na cara do gol, mas finaliza para fora.
51 – Khellven cruza. Pedro Rocha cabeceia para fora.