Brasileirão

Com golaço uruguaio, Athletico vence o Inter e amplia invencibilidade caseira

(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)

O Athletico Paranaense venceu por 2 a 1 o Internacional, nesse domingo (dia 25) à noite, na Arena da Baixada, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram de Terans e Vitinho, para o Furacão, e Edenilson, para o Colorado. Com o resultado, o time paranaense ficou em 5º lugar, com 23 pontos e com uma partida a menos em relação aos primeiros colocados. Já a equipe gaúcha está na 13ª posição, com 14 pontos. Clique aqui para ver a classificação, no site Srgoool.

ARTILHEIROS
O uruguaio David Terans é o artilheiro e líder em assistências do Athletico no Brasileirão, com 4 gols e 4 passes para gols em 12 jogos. O ponta Vitinho é o goleador do clube na temporada 2021, com 9 gols em 25 partidas.

INVENCIBILIDADE CASEIRA
O Athletico não perde em casa com a equipe principal desde 12 de dezembro de 2020 — 1 a 0 para o Atlético-MG, pela 25ª rodada do Brasileirão. Desde então, só a equipe de aspirantes perdeu como mandante – para Operário e Londrina, no Paranaense 2021.

O resultado encerrou uma série invicta do Inter, que não perdeu nas últimas cinco partidas fora de casa (empates contra América-MG, Grêmio e Corinthians) e vitórias sobre Chapecoense e Bahia.

ESCALAÇÃO
As baixas no Athletico eram Santos (Olimpíada), Abner (Olimpíada), Richard (Covid) e Lucas Halter (lesão). O técnico António Oliveira usou o esquema tático 4-2-3-1, com Nikão (direita), Terans (centro) e Vitinho (esquerda) na linha três. No Inter, os desfalques eram Taison, Patrick, Rodrigo Moledo, Zé Gabriel, Saravia e Guerrero, todos lesionados.

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo teve o Athletico avançado e controlando as ações. Apesar do domínio territorial, o time da casa pouco criou. Até porque o Inter demonstrou muita força defensiva. No entanto, o time gaúcho ficou recuado e raramente contra-atacou. Aos 12, Matheus Babi saiu lesionado. Entrou Renato Kayzer. O Athletico abriu o placar aos 35, quando Terans sofreu falta na meia-lua. Ele mesmo cobrou e colocou no ângulo. Golaço. Aos 40, em contra-ataque, Boschilia acionou Caio Vidal, na ponta-esquerda. Ele fintou Marcinho e chutou no ângulo. Gol. O VAR chamou e o árbitro anulou, porque houve falta em Vitinho no começo da jogada. O time paranaense fez 2 a 0 aos 47, em cruzamento de Nicolas, rebote do zagueiro e chute de Vitinho, no ângulo.

SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo começou com o Athletico avançado e com bom controle do meio-campo. No entanto, era o Inter que criava as melhores chances, tudo na base dos contra-ataques. Aos 2, Boschilia acertou a trave. Aos 17, Nicolas cometeu pênalti, tocando com o braço na bola ao dividir com Yuri Aalberto. Edenilson cobrou no cantinho e diminuiu o placar para 2 a 1. O jogo seguiu com o mesmo cenário. Aos 33, saiu Terans e entrou Canesin. Aos 37, António Oliveira fez três substituições e corrigiu a marcação. Depois disso, a partida ficou sob controle do Athletico.

ESTATÍSTICAS
No total dos 90 minutos, o Athletico teve 11 finalizações (4 certas), 52% de posse de bola e 83% de eficiência nos passes. Já o Inter somou 13 finalizações (3 certas), 48% de posse de bola e 83% de eficiência nos passes. Os dados são do site Sofascore.

ATHLETICO 2x1 INTER
Athletico: Bento; Marcinho (Khellven), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolas; Christian (Erick) e Cittadini; Nikão, Terans (Canesin) e Vitinho (Zé Ivaldo); Matheus Babi (Renato Kayzer). Técnico: António Oliveira
Inter: Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado e Edenílson; Maurício (Thiago Galhardo), Boschilia (Juan Cuesta) e Caio Vidal (Palacios); Yuri Alberto (Vinícius Melo). Técnico: Diego Aguirre
Gols: Terans (35-1º), Vitinho (47-1º) e Edenilson (19-2º)
Cartões amarelos: Babi, Vitinho, Bento, Kayzer (A) Yuri Alberto, Galhardo, Boschilia (I).
Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP)
Local: Arena da Baixada

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
17 - Terans rouba a bola no ataque, invade a área e tenta driblar o último zagueiro, mas a bola escapa.
22 - Terans chuta de fora da área. A bola passa perto, ao lado.
30 - Contra-ataque. Edenilson cruza da direita. Marcinho fura. Caio Vidal fica livre e cabeceia perto, ao lado.
32 – Nikão recebe na área e chuta forte, cruzado. O goleiro segura.
35 - Gol do Athletico. Terans sofre falta na meia-lua. Ele mesmo cobra e coloca no ângulo.
40 – Gol anulado. Contra-ataque. Boschilia aciona Caio Vidal, na ponta-esquerda. Ele finta Marcinho e chuta no ângulo. Gol. O VAR chama e o árbitro anula, porque houve falta em Vitinho no começo da jogada.
47 – Gol do Athletico. Nicolas cruza da esquerda. Cuesta tira mal. Vitinho pega o rebote na área e chuta no ângulo.

Segundo tempo
2 – Boschilia chuta de fora da área e acerta a trave.
9 - O Athletico sai jogando errado. A bola chega até Youri Alberto, na entrada da área. Ele chuta e Bento defende.
16 - Marcinho cruza da direita. Christian entra livre, mas chuta para fora.
17 - Yuri Alberto invade a área, mas é parado por Nicolas, que cai com o braço sobre a bola. Pênalti.
19 - Gol do Inter. Edenilson cobra no cantinho. Bento fica parado.
23 – Moisés cruza da esquerda. Galhardo cabeceia ao lado.
28 – Vitinho recebe na área e chuta sobre o gol.
31 – Yuri Alberto cruza da direita. Edenilson recebe livre na área e chuta. A zaga tira.
34 – Palacios cruza rasteiro. Galhardo fura na cara do gol.
41 – Kayzer tabela com Canesin e quase sai na cara do gol. O goleiro sai bem e evita o gol.