Publicidade
Ciclomobilidade

Com obras a todo vapor, Paraná deve ganhar em breve a terceira maior ciclovia do país

(Foto: Divulgação)
Máquinas estão trabalhando no trecho lindeiro ao Parque Nacional do Iguaçu, onde será instalada a ciclovia que ligará os municípios de Cascavel a Foz do Iguaçu.  No trecho de Céu Azul, às margens da BR 277, mais de 15 quilômetros de extensão da pista já foram preparados pelas máquinas da prefeitura para receber a base que servirá de pavimento para as bicicletas.
 
De acordo com o deputado federal Evandro Roman, um dos articuladores para que a obra se tornasse realidade e garantisse o aporte de recursos da Itaipu, a ciclovia vai incentivar a prática de hábitos saudáveis. “O cicloturismo era uma demanda antiga da região. Praticando modalidades como o ciclismo, as pessoas ficam longe do ócio, do sedentarismo e do risco das drogas, além do investimento em turismo e qualidade de vida que a obra vai proporcionar”, destaca Roman.
 
A ciclovia, denominada Rota Beira Parque, terá 220 quilômetros de extensão e, assim que estiver pronta, representará o mais novo atrativo turístico regional. Ela passará pelos municípios de Cascavel, Santa Tereza do Oeste, Céu Azul, Matelândia, Medianeira, Serranópolis do Iguaçu, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu e Foz do Iguaçu.
 
Idealizada pelo empresário José Torres Sobrinho, a pista terá sinalização internacional, paradouros para descanso, pontos de hidratação, mirantes e outras atrações. Futuramente, serão acoplados ramais que ligarão a ciclovia a outros municípios, formando um circuito regional integrado.   
 
A ciclovia será a maior do sul do Brasil e a terceira maior do país, atrás apenas da malha cicloviária de Brasília e do Rio de Janeiro.
Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES