Brasileirão

Com show de Canesin, Athletico empata com o Corinthians e fica na cola do G8

Corinthians 3x3 Athletico
Corinthians 3x3 Athletico (Foto: Divulgação/Athletico.com.br/Mauricio Mano)

O Athletico Paranaense empatou em 3 a 3 com o Corinthians, nessa quarta-feira (dia 10) à noite, na Neo Química Arena, em São Paulo, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020. Com o resultado, a equipe paranaense segue na 10ª posição, com 47 pontos em 35 jogos, 2 pontos abaixo do G8. O time paulista está em 8º lugar, com 49 pontos em 34 jogos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

Na edição 2020, os times que terminarem no G8 garantem vaga na Libertadores 2021, já que o Palmeiras foi campeão da Libertadores 2020 e a final da Copa do Brasil é disputada por Grêmio e Palmeiras.

O destaque individual do Athletico na partida foi o meia Fernando Canesin, que marcou um gol e deu passes para os outros dois gols. Pelo lado do Corinthians, o ponta Gustavo Mosquito (ex-Coritiba e Paraná Clube) foi o principal nome, com dois gols.

DECISIVO
O lateral Abner marcou um dos gols da partida e agora soma 3 em 31 jogos na competição. Ele também possui 2 assistências. Com isso, participou diretamente de 5 gols da equipe. Ele é o terceiro mais decisivo do Athletico, atrás apenas do ponta Carlos Eduardo (7 gols e 4 assistências) e Renato Kayzer (8 gols e 1 assistência).

O meia Canesin soma agora 1 gol e 3 assistências pelo Athletico no Brasileirão. O ponta Vitinho tem 3 gols em 11 jogos na competição.

JEJUM
A última vitória do Athletico como visitante contra o Corinthians foi em 2009, no Pacaembu, pelo Brasileirão, pelo placar de 3 a 1. Depois, foram mais nove confrontos entre eles em São Paulo, com seis empates e três vitórias do time paulista.

ESCALAÇÃO
Os desfalques do Athletico eram Richard e Léo Cittadini, suspensos. O técnico Paulo Autuori voltou a adotar o esquema tático 4-2-3-1, com Nikão centralizado na linha de três, entre dois extremos (Canesin e Carlos Eduardo). E com Renato Kayzer como centroavante.

Já o Corinthians não tinha Cazares, Lucas Piton, Jemerson, Gustavo Mantuan e Ruan Oliveira.

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo foi intenso, com os dois times mostrando qualidade ofensiva, ousadia e criatividade. O Corinthians marcou dois gols e teve mais três chances. O Athletico fez dois e construiu mais uma boa jogada. O time paulista insistiu em passes em profundidade, nas costas da defesa. O sistema defensivo do Furacão apresentou problemas e sofreu nesses lances. Já os melhores momentos ofensivos do time paranaense foram com os passes e cruzamentos de Jonathan.

O 1º gol saiu já aos 2 minutos, quando Mosquito (ex-Coritiba e Paraná) aplicou chapéu em Pedro Henrique e fuzilou Santos. O Athletico empatou aos 13, em bela jogada de Jonathan, Kayzer e Canesin para finalização de Abner. O time paulista fez 2 a 1 aos 17, em escanteio de Fagner, cabeceio de Gil e finalização de Gabriel. O empate veio novamente aos 34, após cruzamento de Jonathan, desvio de Fábio Santos e finalização de Canesin.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, Autuori tirou o volante Christian e colocou o ponta Vitinho. Com isso, Canesin recuou e virou volante. O esquema foi mantido. O jogo continuou intenso, com ataques frequentes dos dois lados. Aos 8, Canesin criou grande chance, mas Kayzer e Nikão despediçaram. No rebote, Vitinho chutou no travessão. O Corinthians fez 3 a 2 aos 10, com Mosquito. Aos 23, saíram Alvarado e Carlos Eduardo e entraram o zagueiro Luan Patrick e o meia Jadson.

As mudanças surtiram efeito e o Athletico chegou ao empate aos 27, com cruzamento de Canesin e finalização de Vitinho. Aos 34, Pedro Henrique saiu com dores. Aguilar entrou.

ESTATÍSTICAS
Ao fim do jogo, o Athletico somou 12 finalizações (7 certas), 57% de posse de bola, 87% de acerto nos passes e 2 escanteios. O Corinthians obteve 17 finalizações (8 certas), 43% de posse de bola, 83% de acerto passes e 2 escanteios. Os números são do site Sofascore.

CORINTHIANS 3x3 ATHLETICO
Corinthians: Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Gabriel (Xavier) e Cantillo; Gustavo Mosquito (Ramiro), Araos (Lucas Piton) e Otero (Mateus Vital); Léo Natel (Jô). Técnico: Vagner Mancini
Athletico: Santos; Jonathan, Pedro Henrique (Aguilar), Thiago Heleno e Abner; Alvarado (Luan Patrick) e Christian (Vitinho); Fernando Canesin, Nikão e Carlos Eduardo (Jadson); Renato Kayzer. Técnico: Vagner Mancini
Gols: Mosquito (2-1º e 10-2º), Abner (13-1º), Gabriel (17-1º), Canesin (34-1º) e Vitinho (27-2º)
Cartões amarelos: Gabriel, Fabio Santos, Vital (C)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Local: Neo Química Arena, em São Paulo

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
2 – Gol do Corinthians. Fagner recebe na ponta e aciona Mosquito, que dá um chapéu em Pedro Henrique e chuta no canto. Golaço.
7 – Léo Natel avança e chuta da entrada da área. Santos defende.
9 - Bom passe para Léo Natel, que sai na cara do gol. Santos fecha o ângulo e defende.
13 – Gol do Athletico. Jonathan lança. Kayzer ajeita com o peito para Canesin, que toca para Abner, na área. Ele chuta no ângulo.
17 – Gol do Corinthians. Fagner bate escanteio. Gil ganha de Thiago Heleno e cabeceia para Gabriel, livre na pequena área, completar para o gol.
26 – Léo Natel finta Thiago Heleno e chuta perto, ao lado.
32 - Passe em profundidade. Mosquito sai na cara do gol e chuta. Santos espalma.
34 - Gol do Athletico. Jonathan cruza. A bola desvia em Fabio Santos e sobra para Canesin chutar no canto.

Segundo tempo
2 - Contra-ataque. Vitinho avança pela esquerda e chuta para fora.
6 - Otero cruza. A bola desvia na zaga e quase mata Santos, que defende no reflexo.
7 - Otero chuta de fora da área. A bola passa perto.
8 - Canesin dá belo passe para Kazyer, que sai na cara do gol e erra o chute. Ele cruza, Nikão chuta e Gil salva em cima da linha. Vitinho pega rebote e chuta no travessão.
10 - Gol do Corinthians. Araos enfia. Mosquito recebe na área e toca na saída de Santos.
27 – Gol do Athletico. Canesin cruza rasteiro. Kayzer fura. Vitinho completa na cara do gol.