Publicidade

Com só 9 jogos no Santos, Tailson pode fazer 3º clássico seguido como titular

Aos 20 anos, Tailson fez a sua estreia entre os profissionais do Santos em outubro, mas já sabe bem o que é disputar jogos de peso. Titular nos clássicos contra Palmeiras e Corinthians, agora ele vive a expectativa de enfrentar outro rival, o São Paulo, em duelo marcado para sábado, na Vila Belmiro, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Tailson só entrou em campo nove vezes pelo Santos, sendo cinco delas como titular. Mas não começa jogando desde a 28ª rodada, quando o Santos empatou por 0 a 0 com o Corinthians, na arena do clube rival, em Itaquera, em 26 de outubro. A nova chance pode vir agora contra o São Paulo.

Com o Santos embalado por quatro triunfos consecutivos, o técnico Jorge Sampaoli parece ter encontrado o trio ofensivo ideal, composto por Soteldo, Eduardo Sasha e Marinho. O venezuelano, porém, foi convocado para defender a sua seleção nacional, forçando o treinador a alterar a escalação do setor para o duelo de sábado.

Como Derlis Gonzalez também está em sua seleção nacional, a paraguaia, Tailson desponta como principal candidato a ser escalado por Sampaoli, ainda mais que Lucas Venuto tem recebido poucas chances - outra opção seria o meia Jean Mota atuar mais avançado.

Assim, são boas as chances de Tailson ser titular em seu terceiro clássico consecutivo. E agora ele mira o primeiro gol contra um dos principais rivais do Santos e na Vila Belmiro, pois só marcou uma vez pelos profissionais, logo em sua estreia, no triunfo por 1 a 0 sobre o Vasco, em 5 de outubro.

"Estava em campo contra Palmeiras e Corinthians, mas ainda não marquei gol em clássicos. Mas contra o São Paulo eu vou trabalhar, pegar firme e, se tiver uma oportunidade, marcarei o gol", prometeu o jovem, de 20 anos, ao site oficial do Santos.

A chance a Tailson pode vir em uma ótima fase do Santos, embalado no Brasileirão e só precisando de um empate para garantir presença na Copa Libertadores de 2020. "Quatro vitórias consecutivas são muito importantes. Isso dá confiança a mais para a equipe. Temos um clássico contra o São Paulo e isso vai ajudar muito. Vai motivar bastante o nosso time", disse o atacante.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES