Assembleia Legislativa

Comissão investiga vacinação de funcionários da Unimed e de alunos de medicina da PUCPR

(Foto: Dalie Gelberg/Alep)

Os deputados que integram a Comissão Especial de Investigação (CEI) criada na Assembleia Legislativa do Paraná, para apurar possíveis irregularidades na ordem de vacinação contra a Covid-19 no estado, aprovaram nesta segunda-feira (17) três pedidos de informação, uma diligencia à cidade de Apucarana e anunciaram que vão apurar denúncia de que a Pontifícia Universidade Católica (PUC-PR) teria vacinado todos os alunos dos cursos da área da Saúde, desde o primeiro ano.

O primeiro pedido de informações é endereçado à Prefeitura de Apucarana solicitando informações sobre a falsa enfermeira e as doses que ela estava vendendo e que teriam sido desviadas. A Comissão também aprovou o pedido de informação à Secretária de Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, sobre a vacinação dos funcionários da Unimed Curitiba contra a covid. O objetivo é esclarecer a convocação para que todos os colaboradores da empresa acima de 18 anos e independentemente de comorbidades e função fossem vacinados. “Nós queremos entender o procedimento adotado pela prefeitura, pois foi uma vacinação indiscriminada. O próprio Ministério Público, através da Promotoria de Justiça de Proteção à Saúde Pública de Curitiba, emitiu ofício questionando a Prefeitura de Curitiba sobre caso”, explicou o deputado Delegado Francischini, presidente da Comissão. 

Leia mais no Blog Política em Debate