Programa da Prefeitura

Como inscrever seu cão ou gato para castração em Curitiba

As cirurgias do Programa Municipal de Castração da Rede de Proteção Animal começam na última semana de julho. Os dois castramóveis vão atuar, inicialmente, nas regionais CIC e Boa Vista, as que têm a maior demanda entre as inscrições já feitas. As atividades na CIC acontecem a partir de 26 de julho e na Boa Vista, no dia 7 de agosto.

A estimativa da Rede de Proteção é que sejam atendidos nos dois locais cerca de 2.000 animais, em uma ação que deve durar dois meses. Após esse período, as unidades seguem para as próximas regionais – Pinheirinho e Cajuru. A programação seguinte pode variar de acordo com a demanda de cadastros.

As inscrições para os interessados em ter cães e gatos castrados continuam. O cadastro deve ser preenchido pelos tutores (responsáveis pelos animais) e está no site da Rede de Proteção Animal. Terão prioridade os cidadãos já beneficiados por programas sociais, como o Armazém da Família e Bolsa Família.

Serão castrados os animais originários de Curitiba, com idades entre cinco meses e oito anos.

Protetores

Os protetores de animais também podem inscrever os animais sob sua responsabilidade, mediante cadastro prévio. Após o cadastro, seguir o passo a passo da inscrição, indicando na forma de inclusão Protetor Independente e no campo do número do benefício o CPF do Protetor.

Passo a passo da inscrição:

1 - Acesse o site da Rede de Proteção Animal;

2 - Clique em Programa Municipal de Castração de Cães e Gatos, no canto inferior direito e, em seguida, no link Cadastre seu Animal;

3 - Informe seu CPF para iniciar o cadastro;

4 - Preencha corretamente seus dados e os dos animais;

5 – Informe a forma de inclusão: Armazém da Família; Bolsa Família; ONG de Proteção Animal ou Protetor Independente;

6 – Clique em adicionar o animal e em seguida, vá até o fim da página, clique em Salvar e anote o protocolo gerado (cada animal inscrito terá um número de protocolo);

7 – Compareça à Rua da Cidadania da sua Regional para validação do benefício, apresente RG, CPF, o número de protocolo gerado e comprovante do benefício; exceto Protetores e ONGs;

8 – O agendamento do procedimento será feito pela Rede de Proteção Animal por contato telefônico.