Assine e navegue sem anúncios [+]
Trabalho

Como melhorar o currículo quando estiver em espera ou perder o emprego

Quer saber como você pode melhorar o seu currículo? Confira aqui algumas dicas e tenha a melhor apresentação profissional!
Todos nós sabemos que um bom currículo faz toda a diferença quando o assunto é processo seletivo. Donos de empresas de pequeno, médio e grande porte buscam os melhores profissionais para suprirem suas vagas de emprego.
Mas, o que fazer para que seu currículo se destaque em meio a tantos outros?
Além de experiências no mercado de trabalho, graduação e cursos complementares, cursos de idiomas podem te colocar um passo à frente dos demais candidatos. Saiba mais!

Emprego, Pesquisa, Hr, Cv, Oportunidade, Recrutamento

Emprego Pesquisa Hr Cv Oportunidade Recrutamento


Como ter um currículo bem apresentável?
Se você está procurando um emprego, seja o primeiro, por querer trocar ou por ter sido demitido, ter um currículo bom é muito importante. É claro que você não pode mentir sobre as suas experiências, cursos, entre outras informações.


Porém, é preciso construir um bom currículo se quiser se dar bem e conseguir a vaga de emprego. Confira algumas dicas para melhorar o seu currículo!
1. Dados pessoais
Muitas pessoas na hora de montar seu currículo exageram, ao colocar seus dados pessoais. RG, CPF, estado civil são informações das quais o empregador só deve ter acesso ao contratar o candidato. Veja aqui quais as informações mais importantes, e que realmente são necessárias em um currículo.
Nome completo
Idade ou data de nascimento
Contato eletrônico: e-mail (evite informar e-mail com nomes de personagem ou apelido. Isso pode causar má impressão ao empregador. Crie uma conta formal constando apenas nome e sobrenome)
Telefone
Cidade onde mora


2. Tenha um curso de idioma
Curso de idioma é um dos diferenciais mais procurados pelas empresas que buscam novos candidatos para suprir suas vagas. Em meio a tantos currículos, os que constam a informação de cursos de idiomas se destacam e passam a ter uma grande chance no processo seletivo. É importante descrever:
O nível do curso (básico ou avançado)
O idioma
Se fez intercâmbio descreva o nome do país
Descrever quais seus pontos fortes no idioma (se a interpretação, leitura e fala são fluentes ou não)
Se você não tem tempo para cursar um idioma, invista em um curso on-line básico, ao menos. Existem muitos sites, como a Babbel, por exemplo, que oferecem curso de inglês, espanhol e outros idiomas, para o nível desejado.


3. Informe a sua formação
Para descrever seus cursos de forma correta, você deve começar a listar os mais recentes e terminar com o mais antigo. Existem também as informações ideais que precisam ser descritas sobre cada um dos cursos. Informe sempre:
Modalidade
Título do curso
Nome da instituição (escola, faculdade...)
Local (endereço)
Conclusão (data de início e data de conclusão)


4. Informe a sua área de atuação
É muito importante ser preciso nas informações sobre sua área de atuação e suas qualificações. Assim, o contratante conseguirá entender quais eram exatamente as atividades exercidas anteriormente, e as quais você tem experiência.
É importante também citar o nome das empresas que trabalhou anteriormente. Dessa forma o contratante pode saber mais sobre você, pedindo uma carta de recomendação. Além disso, informe sempre:
Nome da empresa que trabalhou.
Área de atuação e atividades complementares.
Data de entrada e saída (admissão e demissão).
Motivo pelo qual saiu da empresa.


5. Não se autoavalie
É muito comum encontrar em currículos, expressões do tipo “profissional comprometido”, “extrovertido”, “calmo” ou “ótimo líder”. Na verdade, todos vão se autoavaliar com palavras que expressam bons comportamentos, e boa personalidade.
Portanto, deixe a avaliação para o contratante. Assim ele poderá tirar suas próprias conclusões a respeito do candidato, avaliando seu comportamento com muita cautela e precisão.


6. Atente-se a linguagem!
Erros de português no currículo é bastante comprometedor e você não vai querer colocar tudo a perder, certo? Então, invista em uma revisão geral no seu currículo antes de enviá-lo. Caso não esteja confiante sobre determinada palavra, faça uma pesquisa ou substitua por outra.
Se você estiver inseguro com a escrita, conte com a ajuda de alguém da área. Lembre-se de que é importante fazer a revisão horas após montar o seu currículo a fim de observar detalhes não vistos antes. Além disso, saiba que a simplicidade é essencial. Portanto, evite palavras difíceis e detalhes que não são necessários. Isso não vai impressionar o contratante.
Então, gostaram das dicas de como melhorar o currículo? Invista em sua formação e qualificação; e conheça 5 dicas de sucesso para estar sempre à frente no mercado de trabalho!

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK