Assine e navegue sem anúncios [+]
DESEMPATE

Concurseiros também têm vantagens

Não é apenas para estudantes universitários que a atuar como mesário na eleição garantem vantagens. O trabalho também conta como nota de de desempate em concursos
públicos, se houver previsão em edital. E permite ainda a isenção da taxa de inscrição em concurso estaduais, segundo a lei. Mesários também garantem dispensa do serviço pelo dobro dos dias prestados à Justiça Eleitoral.

Já quem é convocado compulsoriamente, tem que se justificar perante o juiz eleitoral. O prazo para apresentar a justificativa é de cinco dias após o recebimento da convocação. Mesmo que não possa trabalhar com o mesário, a pessoa deve comparecer ao treinamento.
Caso não atenda a convocação nem se justifique, o eleitor responde a um processo como mesário faltoso. A multa, nesses casos, é fixada pelo juiz. O valor é variável, e em média gira em torno de um salário mínimo, ou pouco mais de R$ 1 mil. Além disso, a pessoa acaba sofrendo as mesmas sanções de eleitores que não votam e não justificam, ficando impedido de tirar passaporte, prestar concursos públicos, entre outras punições.

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK