Marcas históricas

Confira quais são os recordes batidos na Copa da Rússia

Rafa Marquez \u00e9 lan\u00e7ado como candidato a presidente, em brincadeira nas redes sociais
Rafa Marquez \u00e9 lan\u00e7ado como candidato a presidente, em brincadeira nas redes sociais (Foto: Reprodução/Twitter/RafaMarquezMX)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Copa do Mundo de 2018 já viu alguns recordes históricos do Mundial serem superados. Pênaltis marcados, cartão mais rápido, número de gols contra, jogador mais velho da história do torneio.

Confira os recordes que foram batidos na Copa do Mundo da Rússia:

Jogador mais velho
Ao entrar em campo com 45 anos e 161 dias de vida, o goleiro egípcio Essam El-Hadary se tornou o atleta mais velho a disputar um jogo de Copa do Mundo. Ele superou o colombiano Faryd Mondragón, que havia jogado pela Colômbia a Copa de 2014 com 43 anos. El-Hadary ainda pegou um pênalti na derrota do Egito para a Arábia Saudita, por 2 a 1.

Pênaltis marcados
Mal terminou a fase de grupos e o Mundial da Rússia já é o recordista em número de pênaltis marcados. Esta edição do torneio bateu as Copas de 1990, 1998 e 2002, que tiveram 18 penalidades. O pênalti recordista aconteceu no jogo Portugal 1x1 Irã, a favor dos portugueses, desperdiçado por Cristiano Ronaldo.

Cartão mais rápido
O cartão mais rápido da história das Copas do Mundo foi registrado pelo mexicano Jesús Gallardo, amarelado com apenas 13 segundos de jogo na derrota por 3 a 0 para a Suécia. Gallardo superou o uruguaio José Batista, que recebeu um vermelho com 51 segundos em 1986.

Gols contra
Mais um mexicano para o livro dos recordes. Com o gol contra de Edson Álvarez na derrota para os suecos, a Copa do Mundo da Rússia registrou o sétimo gol marcado contra a própria meta, superando o recorde anterior de seis gols, da Copa de 1998, na França.

Maior sequência sem 0 a 0
O Mundial de 2018 foi ter seu primeiro 0 a 0 somente na 38ª partida do Mundial, entre França x Dinamarca. É a maior sequência de jogos com gols na história, superando a marca de 26 partidas da Copa do Mundo de 1954. A competição sediada na Suíça não teve um 0 a 0 sequer, mas o torneio tinha menos jogos na época (26).

Cinco Copas no currículo
O veterano mexicano Rafa Márquez entrou para o seleto grupo de jogadores que participaram de cinco Copas do Mundo. Ao entrar em campo neste domingo contra a Alemanha, na estreia do México na Copa da Rússia, o zagueiro igualou o recorde do compatriota Antonio Carbajal, do alemão Lothar Matthaus e do italiano Gianluigi Buffon. Clique aqui para saber mais.

Mais velho a marcar três gols em um jogo
Com os três gols marcados no empate em 3 a 3 com a Espanha, o português Cristiano Ronaldo se tornou o jogador mais velho a anotar o famoso "hat-trick" em um jogo de Copa do Mundo, aos 33 anos e 131 dias de vida. O recorde anterior pertencia ao holandês Rob Resenbrink, que aos 30 anos e 336 dias marcou todos os gols do triunfo da Holanda sobre o Irã por 3 a 0, pela Copa do Mundo de 1978.