Publicidade
Fim de ano

Contratação de temporários subiu 13,5% no Paraná em 2019

Varejo foi um dos setores que mais contratou em 2019
Varejo foi um dos setores que mais contratou em 2019 (Foto: Franklin de Freitas)

O ano passado terminou com um saldo positivo para o setor de trabalho temporário no País. Impulsionada pelas datas comemorativas do fim de ano, como a Black Friday e o Natal, o setor de trabalho temporário, que envolve o varejo, os serviços e suas atividades relacionadas, atingiu cerca de 570 mil pessoas que podem ter sido beneficiadas nesses contratos desde setembro do ano passado. Em comparação com 2018, foram 70 mil postos de trabalho a mais, de acordo com a Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Assertem). A expectativa da entidade é que ao menos 15% desse grupo seja efetivado em 2020.

No Paraná, o aumento do número de postos temporários de trabalho criados foi de aproximadamente 13,5% na comparação entre o último quadrimestre de 2018 e 2019. As estimativas mostram um total de 36,9 mil vagas criadas em 2019 — em 2018, o mesmo período registrou 32,4 mil trabalhadores temporários contratados.

De acordo com o vice-presidente da Asserttem e também presidente do Grupo Employer, Marcos de Abreu, os postos de trabalho abertos são preenchidos por trabalhadores (tanto homens quanto mulheres) na faixa de 27 anos. Em média, a faixa salarial das vagas é de R﹩ 1,5 mil. “No final do ano, cerca de 60% das vagas foram ocupadas pelas mulheres. Além de elas se sujeitarem ao regime contratual, a recente mudança na legislação fez com que os empregadores perdessem o receio de contratar gestantes, já que elas não têm estabilidade no regime de trabalho temporário”, explica, completando o papel que o trabalho temporário tem no País.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES