Publicidade

Coreia do Norte diz que acordo para eliminar arsenal nuclear não vai acontecer

O embaixador da Coreia do Norte para as Nações Unidas, Kim Song, disse neste sábado, 7, que a possibilidade de eliminar o arsenal nuclear do país "já está fora da mesa de negociação" e que não há necessidade de continuar com longas conversas com os Estados Unidos.

A declaração foi uma resposta à ação de seis países europeus que, na quarta-feira, 4, criticaram a Coreia do Norte por ter lançado 13 mísseis balísticos desde maio. Em seu comunicado, Song afirmou que os europeus cumprem "o papel de um cachorro de estimação dos Estados Unidos nos últimos meses".

O embaixador disse ainda que a administração do presidente norte-americano Donald Trump persegue "uma política hostil" contra o país "na sua tentativa de sufocá-lo".

Com os comentários de Song, a interpretação é de que as perspectivas de continuidade da diplomacia nuclear entre Estados Unidos e Coreia do Norte são sombrias.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES