Robson Bambu

Corinthians tenta "furar" acerto do Atlético-PR com promessa santista

(Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O Atlético-PR já acertou com um de seus primeiros reforços para a temporada 2019. Trata-se do zagueiro Robson Bambu, que no próximo dia 12 completará 21 anos de vida. E dois dias antes do aniversário, seu contrato com o Santos chega ao fim e passa a valer o vínculo assinado meses atrás com o Furacão. Isso, é claro, se o Corinthians não acabar atravessando o negócio.

Antes da chegada de Cuca à Vila Belmiro, o jovem zagueiro era apenas mais um no elenco santista. Teve poucas oportunidades, jogando inclusive de lateral, e acabou não se destacando. Com o contrato próximo do fim, a diretoria paulista chegou a procurar um novo clube para o jogador atuar até o final de seu contrato, mas o técnico Cuca, após a saída de David Braz, vetou a negociação.

O que poucos esperavam, contudo, é que o jogador, ao ganhar uma oportunidade em sua função de origem, apresentaria um bom desempenho, ao ponto de hoje ser considerado um titular do alvingro praiano. Em entrevista à Gazeta Esportiva, o técnico Cuca comentou a situação.

"Antes da minha chegada, jogou de lateral e não foi bem. Depois, entrou e foi muito bem (na zaga), mas como não jogava antes de mim, o Santos não quis renoar e procurou (outras opções) na base. Era a avaliação que tinha. Mas aí chegou um treinador novo, ele jogou enormidade, virou titular e falaram para renovar. Mas naquele tempo sem jogar, o empresário foi atrás, corretamente, e encontrou o Atlético-PR. Fez pré-contrato e agora? Ainda cabe alguma negociação com o Atlético em percentual ou algo assim para não prejudicar. Tem que saber perder", declarou o treinador.

O pré-contrato assinado com o Atlético, contudo, pode ser quebrado. Para isso, o clube interessado ou o próprio atleta devem pagar R$ 2,8 milhões aos paranaenses. E já há quem esteja cogitando atravessar a negociação. É o Corinthians, que monitora a situação do zagueiro e já teria sinalizado a possibilidade de pagar a multa para levar o jogador, que desde a chegada de Cuca ao Santos acumula oito partidas pelo Campeonato Brasileiro (sete como titular), além de ter atuado também em um jogo da Copa Libertadores. O Cruzeiro seria outro interessado, além do próprio Peixe, que ainda tenta encontrar alguma forma de quebrar o vínculo assinato pelo atleta junto ao Furacão para buscar a renovação do contrato do jovem sem ter que pagar a multa milionária.

Insatisfação dos dois lados

Quando contratou o jogador, o Atlético-PR apostava no atleta para a disputa do Campeonato Paranaense de 2019, quando o Furacão mandará novamente a campo uma equipe de Aspirantes. Com a meteórica ascensão no Santos, contudo, pode ser que, se confirmado como reforço, acabe sendo integrado diretamente no time principal.

Acontece, porém, que a diretoria atleticana não está satisfeira com o jogador, que após virar titular no time paulista não quer mais vir para Curitiba. E a postura do atleta teria decepcionao a diretoria rubro-negra, que espera ser indenizada com o pagamento da multa. Outra possibilidade seria uma negocição entre o clube interessado no jogador e o rubro-negro.