Publicidade
Série B

Coritiba abusa dos erros, mas vence com ajuda do goleiro adversário

O Coritiba venceu por 1 a 0 o Brasil, de Pelotas (RS), nessa terça-feira à noite, no Couto Pereira, pela 5ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou na 4ª colocação, com 10 pontos. A equipe gaúcha está em 14º lugar, com 5 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

Esse foi o 3º jogo do técnico Eduardo Baptista no comando da equipe. Agora, ele soma 2 vitórias e 1 empate. O time repetiu o fraco futebol das últimas rodadas, com pouca criatividade no meio-campo, muitos passes errados (49) e fragilidade no setor ofensivo. A vitória veio graças ao desempenho pífio do Brasil-RS, que deu espaços na marcação, foi quase nulo com a bola e teve um goleiro com atuação trágica. 

GOLS E ASSISTÊNCIAS
O meia Yan Sasse marcou um gol na partida e agora é o vice-artilheiro do Coritiba no ano, com três gols em 11 partidas, empatado com o volante Julio Rusch e o meia Kady. O goleador da equipe na temporada é o ponta Guilherme Parede, com 4 gols em 20 partidas.

O volante Julio Rusch lidera o ranking de assistências do Coxa em 2018, com sete passes para gols. Em 2º lugar, com 2 assistências, estão Parede e o centroavante Alecsandro.

ESCALAÇÕES
Os desfalques no Coritiba eram Abner, Romércio, Alan Costa, Vinícius Kiss, Carlos César, Alecsandro, William Matheus, Thiago Lopes e Iago Dias, todos em recuperação. As novidades eram Yan Sasse e Pablo. O meia-atacante Chiquinho, que vinha jogando na meia-ponta, foi improvisado na lateral-esquerda. O esquema tático foi o 4-2-3-1. Os três meias ofensivos eram Yan Sasse (centro), Pablo (direita) e Jean Carlos (esquerda). O Brasil não tinha Calyson e Toty. 

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo foi marcado pelo fraco futebol das duas equipes. O Coritiba tentava chegar rápido ao ataque, usando bastante as pontas. Jean Carlos até levou algum perigo no início, pela esquerda. Pablo pouco produziu na direita. Pelo centro do campo, Yan Sasse e os volantes não conseguiram articular o meio-campo. O Brasil ficou recuado e não atacou. Os únicos momentos com algum perigo foram dois chutes de fora da área e duas faltas sofridas pelo Coxa perto da área. Aos 29 minutos, Eduardo Baptista fez uma troca de volantes. Saiu Vitor Carvalho, lesionado, e entrou João Paulo.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, substituição no Coxa. Saiu Jean Carlos e entrou o ponta Guilherme Parede. O time ganhou mais velocidade na esquerda e passou a incomodar. O gol, porém, só veio com a ajuda de Marcelo Pitol, 36 anos. O goleiro do Brasil falhou feio e aceitou um chute de Yan Sasse, aos 10 minutos: 1 a 0 para o Coritiba. Depois disso, o jogo ficou aberto. O time gaúcho se lançou de forma desorganizada ao ataque e levou algum perigo em dois momentos. A equipe paranaense encaixou cinco bons contra-ataques e só não ampliou o placar porque Yan Sasse e Bruno Moraes tiveram péssimo desempenho nas finalizações. Aos 33, Yan Sasse saiu lesionado. Entrou o centroavante Rafhael Lucas.

ESTATÍSTICAS
Ao final dos 90 minutos, o Coxa somou 43% de posse de bola, 14 finalizações (7 certas), 84% de precisão nos passes e 5 escanteios. O Brasil teve 57% de posse de bola, 6 arremates (1 certo), 90% nos passes e 3 escanteios. Os dados são do Footstats.

CORITIBA 1 x 0 BRASIL-RS
Coritiba: Wilson; Leandro Silva, Thalisson Kelven, Alex Alves e Chiquinho; Vitor Carvalho (João Paulo), Julio Rusch, Yan Sasse (Rafhael Lucas), Jean Carlos (Guilherme Parede) e Pablo; Bruno Moraes. Técnico: Eduardo Baptista
Brasil: Marcelo Pitol; Tiago Cametá (Léo Bahia), Rafael Vitor, Heverton e Artur; Leandro Leite, Éder Sciola, Lourency, Itaqui e Welinton Junior (Kaio); Michel (Luiz Eduardo). Técnico: Cleber
Gol: Yan Sasse (10-2º) 
Cartões amarelos: Cametá (B). João Paulo (C).
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Público: 5.466 pagantes (6.141 total)
Renda: R$ 83.670,00
Local: Couto Pereira

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo

6 – Falta na direita. Jean Carlos cruza. Pablo entra livre na 2ª trave, mas cabeceia mal, para fora.
16 – Bruno Moraes chuta de fora da área. A bola vai ao lado.
23 – Jean Carlos chuta de longe. O goleiro rebate para escanteio.
26 – Falta na meia-lua. Jean Carlos chuta na barreira.

Segundo tempo
7 – Guilherme Parede chuta de longa distância. O goleiro espalma.
9 – Artur erra passe na defesa. Parede aproveita e toca para Yan Sasse. Ele demora para definir e o zagueiro salva.
10 – Gol do Coritiba. Julio Rusch cobra escanteio curto e encontra Yan Sasse livre na área. Ele chuta rasteiro e o goleiro 'engole um frango'.
23 – Parede puxa contra-ataque e coloca Yan Sasse na cara do gol. Ele tenta driblar o goleiro e perde gol feito.
26 – Artur cruza da esquerda. Michel sobe mais que a zaga e cabeceia perto, ao lado.
28 – Yan Sasse dribla um e chuta da meia-lua. O goleiro rebate. 
29 – Chiquinho cruza rasteiro. Na cara do gol, Bruno Moraes fura a bola.
36 – O Brasil sai jogando errado. Rafhael Lucas chuta. O goleiro rebate mal. Bruno Moraes tenta de bicicleta e a bola bate no travessão.
38 – Parede cruza rasteiro. Rafhael Lucas chuta fraco, na área, e perde boa chance. O goleiro segura.
42 – Contra-ataque. Bruno Moraes demora para passar e é desarmado.
45 – Bruno Moraes coloca Rafhael Lucas na cara do gol. Ele chuta em cima do goleiro.
 

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES