No Ceará

Coritiba ainda não venceu integrantes do atual G4 da Série B

"Vin\u00edcius Kiss: ele \u00e9 op\u00e7\u00e3o para substituir Leandro Silva"
"Vin\u00edcius Kiss: ele \u00e9 op\u00e7\u00e3o para substituir Leandro Silva" (Foto: Geraldo Bubniak)

O Coritiba volta a jogar pela Série B no próximo sábado, quando enfrenta o líder da competição, o Fortaleza, na Arena Castelão, na capital do Ceará. Se conseguir a vitória, será a primeira do Coxa contra um integrante do atual G4 da competição.

Nos duelos contra os outros primeiros colocados, o time do técnico Eduardo Baptista somou dois empates e uma derrota. Em Maceió, empatou em 2 a 2 com o CSA, atual segundo colocado da Série B. Em Florianópolis, perdeu por 2 a 0 para o Avaí, atual 4º colocado. E empatou em 1 a 1 no Couto Pereira com o Figueirense, atual 3º lugar. 

O Coxa está na 5ª posição, com 28 pontos, mesma pontuação de Figueirense e Avaí. Só fica atrás nos critérios de desempate. Se tivesse apresentado melhor desempenho nos confrontos diretos contra o G4, o Coritiba estaria em situação confortável na tabela.

No entanto, a irregularidade tem sido a marca da equipe paranaense na competição. Nas últimas nove rodadas, só conseguiu duas vitórias. 

O COXA CONTRA O G4
CSA 2x2 Coritiba – 13ª rodada
Coritiba 1x1 Figueirense – 12ª rodada
Avaí 2x0 Coritiba – 10ª rodada 

ESCALAÇÃO
Para o confronto com o Fortaleza, o Coritiba não terá o lateral-direito Leandro Silva, que sofreu uma lesão na coxa. A principal opção para substituí-lo é o volante Vinícius Kiss. Outra alternativa é Rodrigo Ramos, que vem jogando pelo sub-23 no Brasileiro de Aspirantes. O lateral Carlos César está recuperado de lesão, mas não atua há cinco meses. Sua última atuação foi pelo Atlético-MG, contra a Caldense, em 10 de fevereiro. Ele chegou ao Coxa em março e sofreu lesão em treinamento. Ainda não estreou pelo clube paranaense.

A provável escalação para enfrentar o Fortaleza é Wilson; Vinícius Kiss (Rodrigo Ramos), Romércio, Rafael Lima e William Matheus; Vitor Carvalho e Uillian Correia; Guilherme Parede, Yan Sasse e Alisson Farias; Jonatas Belusso.