Coritiba segura o Fluminense no Maracanã, mas cai na tabela

O empate de sábado contra o Fluminense estabeleceu duas marcas para o Coritiba. A primeira: a igualdade de sábado (1 a 1) foi a 10ª neste Brasileirão. È a equipe que mais empatou, junto com o Inter. Segunda marca: o time coxa-branca aparece na pior posição até agora no Nacional.

O Coritiba, que havia começado a 23ª rodada em 8º lugar, caiu quatro posições. Está em 12º, com 31 pontos. Vários times que estavam ligeiramente abaixo dele na tabela venceram na rodada. O Goiás bateu o São Paulo por 1 a 0 e saltou para 33 pontos. O Santos derrotou o Criciúma por 2 a 1 e foi a 32. O Atlético-MG foi a 31 ao fazer 2 a 1 no Vasco. E o Bahia perpetrou a surpresa da rodada ao virar o jogo sobre o Botafogo (2 a 1) no Maracanã e ir a 31 pontos. Atlético-MG e Bahia passaram à frente por terem mais vitórias que os coxas-brancas  — ambos somam oito e o time paranaense, sete.

Após ver a equipe sofrer sete gols nos últimos três jogos, Marquinhos Santos mandou a campo um time postado mais defensivamente. Consciente, o Coritiba esperava o erro do adversário para, no contra-ataque, tentar encaixar a jogada fatal. Os cariocas chegaram a ter 73% da posse de bola, mas encontravam muitas dificuldades em furar o bloqueio paranaense. E o Coritiba era mais incisivo. Criou sete boas chances em numa delas, aos 30 minutos, Lincoln abriu o placar, após cruzamento de Escudero.

Com a desvantagem, o Fluminense voltou do intervalo com duas alterações: Ronan e Biro-Biro entraram. Os cariocas foram para o tudo ou nada. O time carioca passou a trocar passes mais perto da área e empatou aos 5 minutos, com Gum.

No 2º tempo, foram dez finalizações dos cariocas e apenas três dos paranaenses. Nos acréscimos, o Coxa teve a chance de vencer, mas Gil acabou acertando a trave e Dudu desperdiçou o rebote.

Principais Lances
Primeiro Tempo:

8’ Coritiba tabela pelo meio de campo e Bottinelli sai na cara do goleiro. Na hora do chute, contudo, Rhayner aparece para salvar.

16’ Vitor Junior cobra falta da entrada da área, buscando o ângulo direito. A bola bate no travessão e vai para fora.

30’ Gol do Coritiba! Escudero aparece livre na esquerda e cruza na medida para Lincoln, que no meio de dois zagueiros, manda de cabeça manda no canto esquerdo de Cavalieri.

34’ Na cobrança de falta pela direita, Coritiba surpreende com passe rasteiro para Lincoln, na marca da cal, chutar. A bola desvia na defesa do Flu e pega na mão de um jogador do tricolor carioca. Jogadores do Coxa pedem pênalti.

41’ Coritiba troca passes com calma até a bola chegar aos pés de Robinho, que arrisca por cobertura da entrada da área e quase surpreendendo Cavalieri.

42’ Robinho recebe na esquerda e chuta forte. Cavalieri espalma.

44’ Bottinelli encontra Escudero livre na esquerda. Antes do argentino, Cavalieri aparece para salvar.

Segundo Tempo

5’ Gol do Fluminense! Biro-Biro levanta a bola na área e a zaga do Coxa para pedindo impedimento. Em condição legal, Gum aparece livre e toca na saída de Vanderlei.

13’ Wagner recebe na esquerda, ajeita para a canhota e chuta da intermediária. A bola explode no travessão de Vanderlei.

17’ Bruno recebe na direita e arrisca de muito longe. Chute sai forte e bola balança a rede, mas pelo lado de fora.

29’ Biro-Biro faz ótima jogada pela esquerda e cruza para Sóbis, perto da pequena área, chutar. Escudero trava a finalização e salva o Coritiba.

45’ Wagner cobra falta da entrada da área, rasteiro,  buscando o canto direito de Vanderlei, que consegue espalmar.

47’ Emerson Santos puxa o contra-ataque e sofre entrada dura de Rafinha. A bola sobra para Gil, que sai cara a cara com Cavalieri e chuta na saída do goleiro, que consegue dar um toquinho na bola, que bate na trave. Na volta, Dudu aparece livre, com o gol aberto, mas manda por cima do travessão.


Ficha Técnica
FLUMINENSE x CORITIBA
Fluminense: Cavalieri, Bruno, Gum, Anderson e Carlinhos (Ronan); Edinho, Diguinho (Biro-Biro), Wagner, Rafinha e Rhayner (Samuel); Rafael Sobis.. Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Coritiba: Vanderlei; Victor Ferraz, Luccas Claro (Bonfim), Chico e Escudero; Gil, Bottinelli, Robinho, Lincoln (Emerson Santos) e Vitor Júnior; Jânio. Técnico: Marquinhos Santos
Gols:
Lincoln (30-1º) e Gum (5-2º)
Cartões amarelos:
Bottinelli, Bonfim, Gil, Vanderlei, Escudero (C)
Cartão Vermelho: Rafinha (F)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Público: 28.550 pagantes (34.397 total)
Renda: R$ 501.840,00
Local: Maracanã, sábado às 18h30

 


Sul-Americana
O técnico do Coritiba, Marquinhos Santos, negou que irá priorizar a Copa Sul-Americana. Contudo, falou atender de forma diferente a competição. Esperamos, na terça-feira, fazer o nosso jogo, fazer história contra o Itagüí, afirmou. Vamos focar bem porque é um torneio internacional, comentou. Peço a presença do nosso torcedor, peço que ele abrace o Coritiba.