O Atletiba não acabou

Coritiba denuncia Manoel ao TJD

O clássico Atletiba do último domingo ainda vai render. O Coritiba ingressa hoje no Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR) com um comunicado de infração disciplinar contra o zagueiro Manoel, do adversário. De acordo com o Coritiba, no segundo tempo de partida, o jogador agrediu Marcos Aurélio e Renatinho, em lances consecutivos.

“Revimos o jogo e é possível observar que, tanto o Marcos Aurélio quanto o Renatinho, sofrem agressões”, disse o advogado coritibano, Itamar Côrtes. Após o lance violento, Renatinho precisou ser substituído e também desfalca o Coritiba na partida da Copa do Brasil.

Nesta quarta-feira, o Coritiba, através do advogado Itamar Côrtes, enviará um pedido de punição ao procurador geral, Dr. Ramon de Medeiros Nogueira. Caso a denúncia seja acatada, Manoel será julgado e poderá ser enquadrado no artigo 254 ou 254-A, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Vale lembrar que, apesar de o lance não ter sido marcado durante o jogo e também não ter sido colocado em súmula, o CBJD permite o uso de imagens para denúncias

Na terça-feira, Nogueira avisou que pretendia denunciar Manoel pela agressão a Renatinho, citando os artigos 254 e 254-A. O pedido do Coritiba, citando o lance com Marcos Aurélio, pode agravar a situação do jogador do Atlético.

O artigo 254 trata de jogada violenta e prevê suspensão de um a seis jogos. O artigo 254-A se refere a agressão física e estabelece suspensão de quatro a 12 partidas.

Após receber a denúncia da procuradoria, a presidência do TJD-PR marcará a data do julgamento. Se for punido, o jogador cumprirá a suspensão apenas no campeonato estadual. A pena não valerá para competições nacionais.